MidiaMAIS / Famosos

Nego do Borel é investigado por tentativa de feminicídio

Além de todas as denúncias feitas pela ex-noiva Duda Reis, como estupro de vulnerável, ameaça com faca, injúria e lesão corporal, Nego do Borel também deverá responder pelas acusações feitas por outra ex-namorada, a analista internacional Swellen Sauer. Segundo o portal Extra, a Polícia Civil abriu um inquérito contra o funkeiro na última sexta-feira (15) […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 19/01/2021, às 15h01 - Atualizado às 15h26

None

Além de todas as denúncias feitas pela ex-noiva Duda Reis, como estupro de vulnerável, ameaça com faca, injúria e lesão corporal, Nego do Borel também deverá responder pelas acusações feitas por outra ex-namorada, a analista internacional Swellen Sauer.

Segundo o portal Extra, a Polícia Civil abriu um inquérito contra o funkeiro na última sexta-feira (15) na Delegacia da Mulher por injúria, lesão corporal e tentativa de feminicídio. As investigações deram início com base nas declarações que Swellen fez no Facebook na semana passada, afirmando que foi agredida com soco na costela e também que o cantor tentou enforcá-la com um carregador de celular, ambas situações ocorridas em 2013, quando eles namoravam.

“O caso da Swellen é bem mais grave, porque ela relata, inclusive, situação que caracteriza tentativa de feminicídio. Tem as injúrias que ela relata, a lesão corporal, que é um soco que ela diz que levou na costela numa boate, e a tentativa de feminicídio, quando ela diz que ele tentou enforcá-la com um carregador de celular”, explica a delegada Sandra Ornellas em entrevista ao Extra.

Ainda conforme o noticiário, a delegada Gabriela Gomes Raymundo, que está cuidado das investigações, já solicitou o comparecimento de Swellen à delegacia para que ela seja ouvida na condição de vítima. Swelen também pode pedir uma medida protetiva contra Nego do Borel.

Jornal Midiamax