MidiaMAIS / Famosos

Henri Castelli chora ao relembrar violência sofrida: “Fazendo terapia para tentar me acalmar”

Em entrevista ao Fantástico, Henri Castelli chorou ao relembrar a violência sofrida na madrugada do dia 30 de dezembro, em Alagoas

Carlos Yukio Publicado em 17/01/2021, às 22h41

None
Henri Castelli chora ao relembrar violência sofrida: "Fazendo terapia para tentar me acalmar"

Em entrevista ao Fantástico, Henri Castelli chorou ao relembrar a violência sofrida na madrugada do dia 30 de dezembro, em Barra de São Miguel, Alagoas. Para o Fantástico, o ator, que teve a mandíbula fraturada após ter sido agredido por quatro homens, falou que tem feito terapia para se recuperar do trauma.

“Estou fazendo terapia para tentar me acalmar. Eu encosto no travesseiro e parece que alguém está me dando soco”, contou ele aos prantos.

Pai de dois, o Henri ainda contou que teme nunca se recuperar totalmente. Ele ressaltou que sustenta toda sua família e que a aparência física é muito importante em seu trabalho. “Tenho risco de ter sequela e quando penso nisso, só penso na minha familia. Sou pai de familia, sustento a minha família sozinho, sustento a minha mãe.”

Ele contou que não estava bêbado na ocasião e que a briga teria iniciado após um dos agressores questionar o motivo dele estar na festa. Henri diz que não sente ódio dos agressores, mas que quer justiça. “Não conheço essa pessoa e nunca recebi nenhum ingresso. Não tenho raiva e perdoei.”

Jornal Midiamax