MidiaMAIS / Famosos

Foragido, Marilyn Manson concorda em se entregar à polícia

A acusação que levou à condenação do cantor não tem ligação com as denúncias de estupro e abuso sexual feitas por várias mulheres em 2020

Nathália Rabelo Publicado em 27/06/2021, às 18h00

Cantor Marilyn Manson
Cantor Marilyn Manson - (Foto: Reprodução)

O cantor Marilyn Manson, que está foragido, concordou em se entregar à polícia para responder uma condenação de agressão, por ter cuspido e escarrado em um cinegrafista. O episódio ocorreu durante um show em New Hampshire, nos Estados Unidos, em 2019.

A acusação é leve comparada ao que o cantor pode vir a enfrentar. Isso porque Manson também enfrenta acusações de assédio e abuso sexual feitas por diversas mulheres, incluindo a ex-namorada Evan Rachel Wood e a atriz Esmé Bianco. Após ser fichado, ele deve pagar fiança e realizar serviços comunitários pare evitar a prisão, mas ficará com uma condenação que pode complicar sua situação no futuro.

Esmé Bianco foi a primeira a protocolar uma queixa criminal por agressão sexual contra o cantor, atualmente investigada pela polícia de Los Angeles. Além dela, a ex-assistente de Manson, Ashley Walters, e outra denunciante que não teve o nome revelado levaram denúncias de abuso e estupro à Justiça.

Jornal Midiamax