MidiaMAIS / Famosos

Filha briga com apresentadora que chamou Alec Baldwin de assassino

Ireland Baldwin ficou irritadíssima ao ver que a apresentadora Candice Owens citou a tragédia no set de filmagens de Rust como "assassinato"

Nathália Rabelo Publicado em 26/10/2021, às 19h00

Alec Baldwin e Ireland Baldwin
Alec Baldwin e Ireland Baldwin - Foto: Reprodução

Filha de Alec Baldwin, Ireland Baldwin ficou irritadíssima ao ver que a apresentadora Candice Owens citou a tragédia no set de filmagens de Rust como “assassinato”. A jornalista também atrelou o acidente à oposição do ator ao ex-presidente norte-americano Donald Trump e seus apoiadores.

“Alec Baldwin passou quatro anos se dedicando a pintar Donald Trump e seus apoiadores como assassinos do mal. O que aconteceu com Alec seria um exemplo de justiça poética se não fosse pelos próprios inocentes que foram assassinados por ele. Ore por suas famílias. Tão triste”, disse a apresentadora de talk show.

Ireland, no entanto, não gostou do comentário por parte de Candice e rebateu. “Você é o ser humano mais nojento, odioso e canceroso que já conheci. Independentemente de suas opiniões sujas na maioria das vezes, o fato de que você desrespeitaria a vida de uma mulher que foi morta acidental e tragicamente … Que vergonha. Sim… vou prosseguir e fazer uma pausa no Instagram. Tenho vergonha de [respirar] o mesmo ar que esta mulher”, disse a modelo.

“Seja um republicano e vacinado, não dou a mínima. Há muitos valores republicanos que eu apoio e muitos outros liberais que eu também apoio … Mas uma merda que me encontro fazendo é ser respeitoso. Mas nós não estamos debatendo máscaras e vacinas e aborto e direitos trans aqui…A vida de uma mulher foi perdida. Seus tweets, falta de informação e ignorância estão prejudicando as pessoas. Você e aquele canalha @jackmposobiec não têm a menor ideia do que estão falando e geralmente nunca fazem. Eu respeito a opinião das pessoas … mas se você apoia esses palhaços absolutos, por favor, não me siga mais. Eu imploro”, disse Ireland.

Após a repercussão, Candace decidiu responder em suas redes sociais e foi ainda mais ácida nos comentários. “Ireland Baldwin está em minhas DMs porque não me sinto mal por seu pai psicopata. Sinta-se mal pela vítima, não por Alec. Ele sempre foi um predador em Hollywood que foi dispensado”, disse ela, mostrando posteriormente uma discussão com Ireland em suas mensagens privadas.

Entenda

O ator Alec Baldwin, de 63 anos, disparou uma arma cenográfica no set de gravações, no dia 21 de outubro, e matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins. O diretor do filme, Joel Souza, também ficou ferido no ombro, mas sobreviveu.

O caso é investigado pela polícia.

Jornal Midiamax