MidiaMAIS / Famosos

“Estou de volta”: após 2 anos em coma, criador do China in Box reaparece e comemora

Empresário conhecido também pelo programa “Shark Tank” sofreu uma colisão de moto em fevereiro de 2019 e passou dois anos internado

Nathália Rabelo Publicado em 18/05/2021, às 16h00

None
Foto: Reprodução/Instagram

O empreendedor Robinson Shiba, fundador das redes de restaurantes China in Box e Gendai, postou foto no Instagram na qual aparece em uma cadeira de rodas, movimentando os braços, no último domingo (16). “Estou de volta”, diz a legenda do feed.

É a primeira imagem no Instagram do empresário desde que sofreu um gravíssimo acidente de moto em fevereiro de 2019. De acordo com a revista GQ, ele voltava de um jantar e se acidentou na região do Morumbi, em São Paulo. Foi levado de imediato para o Hospital Israelita Albert-Einstein e ficou em coma.

Desde então, o assunto foi tratado de forma muito discreta pela família e pelos muitos amigos (ele é um dos nomes mais conhecidos e celebrados do empreendedorismo brasileiro).

De acordo com informações da família, ele saiu da internação em março deste ano, dois anos após o grave acidente de moto e está em casa desde então.

Shiba ainda tem sequelas do acidente e segue fazendo as terapias em casa com fonoaudióloga, fisioterapeutas e terapeuta ocupacional, além do acompanhamento do neurologista, tudo com grande cuidado para que ele fique protegido da Covid-19. Ele ainda está sendo alimentado por sonda e iniciando processo de fala, aprendendo a soltar a voz.

História de sucesso

Shiba é muito popular entre empreendedores e se tornou ainda mais famoso como um dos “tubarões” do programa “Shark Tank Brasil”, do canal pago Sony, no qual titãs dos negócios selecionam empreendimentos iniciantes para investir. Pela atração também passaram nomes como Caito Maia, da Chilli Beans, Luiza Helena Trajano, do Magalu, João Apolinário, da Polishop, e a investidora-anjo Camila Farani.

Paranaense de Maringá, Robinson Shiba era um estudante de odontologia de 20 anos quando viajou aos Estados Unidos para estudar inglês por dois meses. No início da viagem, foi assaltado. Sem dinheiro, conseguiu um trabalho temporário em uma cadeira de restaurantes, onde trabalhou como lavador de pratos e entregador. Foi lá que conheceu o conceito de comida em caixinha, que o inspirou a lançar no Brasil em 1992 o China in Box, que se tornaria uma das maiores redes de fast food já criadas no país, dedicada à comida chinesa. É dono também da rede Gendai, com comida japonesa, que junto do China in Box compõe o Trend Foods.

Jornal Midiamax