Em carta, ator Paulo José confessou que tinha medo de morrer

O ator morreu nessa quarta-feira (11/8), aos 84 anos, por complicações de uma pneumonia, mas já lidava com o Mal de Parkinson desde 1992
| 13/08/2021
- 20:00
Em carta, ator Paulo José confessou que tinha medo de morrer
Foto: Reprodução

Mesmo após sua morte, Paulo José continua emocionando. O ator morreu nessa quarta-feira (11/8), aos 84 anos, por complicações de uma pneumonia, mas já lidava com o Mal de Parkinson desde 1992.

A Cristina Padiglion, da Folha de S. Paulo, publicou uma carta escrita de próprio punho pelo ator, onde ele desabafou sobre a doença e sobre como lidar com ela em sua vida.

“Tive muitos momentos de depressão. Houve um tempo que tinha medo de dormir e não acordar mais. Às vezes, tenho medo de morrer. Não estou num daqueles momentos de depressão profunda. Mas, tampouco este é um período fácil. Quando acordo, tenho de fazer uma escolha. Decido sair da cama. Hoje será um dia melhor. Ao me deitar, não penso se o dia foi mesmo melhor ou não. Olho para a frente e penso: ‘Amanhã será um outro dia’. Assim, tralhando vivendo um dia por dia”, desabafou.

Em 2014, Paulo José fez seu último trabalho na televisão, com a novela Em Família. Na trama, Manoel Carlos escreveu um personagem parcialmente para ele: o vovô Benjamin, à quem dava vida na história, também sofria de Mal de Parkinson.

Na época, o ator ganhou grande apoio do público e a doença ganhou uma importante visibilidade.

Veja também

Fisiculturista famosa, vovó fitness desabafa: "não devemos aceitar esse tipo de preconceito"

Últimas notícias