MidiaMAIS / Famosos

BBB 21: Lucas Penteado é acusado de agressão e violência por ex-namorada

Ex-namorada de Lucas Penteado registrou um boletim de ocorrência em que acusa o ator de violência doméstica, agressão e cárcere privado

Carlos Yukio Publicado em 03/02/2021, às 08h42

None
BBB 21: Lucas Penteado é acusado de agressão e violência por ex-namorada

Uma ex-namorada de Lucas Penteado, confinado no Big Brother Brasil 21, registrou nesta segunda (1º), na Delegacia de Defesa da Mulher, em Diadema (na grande São Paulo), um boletim de ocorrência em que acusa o ator de violência doméstica, agressão e cárcere privado. O caso será remetido para a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo, que vai conduzir as investigações. As informações são da Folha.

Em depoimento, a mulher de 20 anos disse que eles namoraram por cinco meses, no começo do ano passado, e que problemas no relacionamento aconteceram desde o início. Ela afirmou que, ao longo do namoro, foi agredida com empurrões e fortes apertos no braço, e que ele enviava pessoas para persegui-la.

De acordo com o informado na delegacia, a jovem disse que foi passar um final de semana no apartamento de Lucas em São Paulo, no final de fevereiro e início de março de 2020, mas que, quando estava prestes a ir embora, ele não a deixou sair do local e chegou a pressioná-la contra a parede. O argumento usado pelo ator é que ela iria casar com ele e, por isso, eles deveriam morar juntos.

A jovem relatou também que o ator pegou o celular dela e escondeu a chave do apartamento para impedir que ela saísse do local. Ela afirmou que Lucas a manteve no lugar de março até final de maio e que, ao longo desse período, o ator a humilhava e ofendia verbalmente. Além disso, segundo o depoimento, durante uma discussão, ela disse que ele desferiu uma facada na mão esquerda dela.

De acordo com informado no depoimento, a ex-namorada afirmou que se sentia pressionada a fazer sexo com ele por medo de sofrer novas agressões. Ela relatou ainda que conseguiu escapar após pegar seu celular e mandar mensagem escondida para sua irmã e sua prima. Dois dias depois, os familiares dela foram até o apartamento e conseguiram retirá-la. A mulher acrescentou que não prestou depoimento antes por medo.

Jornal Midiamax