MidiaMAIS / Famosos

Após fazer show na pandemia, Ludmilla se declara contra o presidente Bolsonaro

Cantora se mantinha neutra desde as eleições de 2018

Nathália Rabelo Publicado em 21/06/2021, às 18h37

None
(Foto: Reprodução/Instagram)

Após fazer show durante a pandemia, Ludmilla resolveu se posicionar, pela primeira vez, contra o presidente Jair Bolsonaro. Em suas redes sociais, a cantora fez menção aos 500 mil mortos em decorrência da Covid-19 nesta segunda-feira (21).

“500 mil motivos para “Fora Bolsonaro”, disse a funkeira no Stories do Instagram, ao compartilhar uma publicação do perfil Mídia Ninja.

E ela foi além! No Twitter, Ludmilla escreveu: “São 500 mil mortos! 500 mil pessoas que perderam a vida por falta de vacina. Não dá mais pra esperar! #ForaBolsonaro“.

Já faz algum tempo que a falta de posicionamento de Ludmilla estava incomodando as pessoas. A cantora, que chegou a realizar show e aglomeração durante a pandemia, estava sendo apontada como apoiadora de Jair Bolsonaro ao se manter neutra durante as eleições de 2018.

Após a postagem de hoje, internautas chegaram a criticá-la, alegando que ela “não sustentava o personagem”, enquanto outros agradeceram por ela ter se posicionado contra o atual governo.

Jornal Midiamax