MidiaMAIS / Famosos

Angelina Jolie entra na Justiça para desvincular negócio de Brad Pitt

Atriz entrou com petição para colocar fim em restrição que a impede de vender vinícola francesa comprada com o ex-marido

Nathália Rabelo Publicado em 08/07/2021, às 15h00

Angelina Jolie e Brad Pitt antes do divórcio
Angelina Jolie e Brad Pitt antes do divórcio - Foto: Reprodução

Separada oficialmente de Brad Pitt há pouco mais de dois anos, Angelina Jolie busca se desvincular de um de seus últimos negócios com o ator. De acordo com a revista People, a atriz entrou com um pedido na Justiça para colocar um fim à restrição que a impede de vender uma vinícola criada com o ex-marido.

Segundo as informações do veículo, a atriz entrou com uma petição na última terça-feira (6), solicitando que um juiz removesse a ordem de restrição temporária sobre a transferência de seus bens, colocada em prática automaticamente quando a papelada de seu divórcio com Brad foi encaminhada.

A prática, comum na Justiça norte-americana, impede qualquer uma das partes de fazer quaisquer decisões financeiras que prejudicariam o outro durante o processo de divórcio. Apesar de estarem legalmente divorciados, Brad e Angelina ainda não chegaram a um acordo sobre seus bens e a custódia dos filhos.

A atriz entrou com o pedido após surgir um interessado na compra da Nouvel LLC, vinícola francesa comprada em conjunto com Pitt. “Depois de todos esses anos tentando se livrar de ser parceria de negócios de seu ex-marido em termos financeiros aceitáveis, a Sra. Jolie está extremamente desejosa de fechar o acordo pendente para a venda de Nouvel, LLC”, diz o comunicado dos advogados de Jolie.

Jornal Midiamax