MidiaMAIS / Famosos

Alec Baldwin é fotografado com sua família uma semana após disparo fatal contra cineasta

Ator matou acidentalmente a cinegrafista Halyna Hutchins ao atirar contra ela no set do filme Rust

Nathália Rabelo Publicado em 30/10/2021, às 16h16

Alec Baldwin foi visto com família em New England
Alec Baldwin foi visto com família em New England - Foto: Reprodução

Alec Baldwin foi visto com sua família na tranquila cidade de New England, nos Estados Unidos, uma semana depois de matar acidentalmente a cinegrafista Halyna Hutchins ao atirar contra ela no set do filme Rust. O ator, de 63 anos, estava com o rosto visivelmente abatido enquanto carregava sacolas com comida para viagem para ele e seus seis filhos. Ele estava acompanhado por uma babá, e sua esposa Hilaria também estava por perto, mas não foi fotografada.

Na quarta-feira, as autoridades do Novo México, onde ocorre a investigação do crime, disseram que 'não sabiam' de seu 'paradeiro atual'. Baldwin tem cooperado com a investigação policial em andamento sobre o tiroteio e também tem mantido contato com a família de Hutchins.

Alec se pronunciou por meio de suas redes sociais: "Não há palavras para descrever meu choque e tristeza sobre esse trágico acidente que tirou a vida de Halyna, uma mãe, uma mulher e profundamente admirada por tantos colegas. Eu estou cooperando com a investigação policial para falar sobre como isso aconteceu e estou profundamente tocado por seu marido, estou oferecendo apoio para ele e sua família. Meu coração está despedaçado por ele, o filho dos dois e todos que conheciam e amavam Halyna."

Na manhã da quinta-feira (28), o xerife do condado de Santa Fé, Adam Mendoza, disse ao Good Morning America que ainda não foi capaz de determinar quem trouxe munição real para o set de Rust, o filme de faroeste que Baldwin estrelou e está produzindo.

Durante uma cena do filme Rust, o ator Baldwin, de 63 anos de idade, disparou uma arma cenográfica no set de gravações, no dia 21 de outubro, e matou a diretora de fotografia HalynaHutchins. O diretor do filme, Joel Souza, também ficou ferido no ombro, mas sobreviveu. Ele foi fotografado recentemente apó a alta. 

De acordo com um e-mail enviado para a associação International Alliance of Theatrical Stage Employees, a arma usada por Baldwin teve uma "rodada" de munição real.

Um relatório da polícia sobre o caso, divulgado pela agência Associated Press, revelou que um assistente de direção entregou a arma carregada para Baldwin e afirmou que ela era segura para uso. Nem o assistente nem o ator sabiam sobre a munição real. A investigação agora segue para saber quem foi o responsável por carregar a arma.

Jornal Midiamax