MidiaMAIS / Famosos

Karina Bacchi diz que se arrepende de sair na Playboy de 2006

Em vídeo publicado em seu canal no YouTube neste domingo (12), Karina Bacchi falou sobre ciúmes e possessividade no relacionamento

Carlos Yukio Publicado em 13/07/2020, às 12h25

None
Karina Bacchi diz que se arrepende de sair na Playboy de 2006

Em vídeo publicado em seu canal no YouTube neste domingo (12), Karina Bacchi falou sobre ciúmes e possessividade ao lado do marido, Amaury Nunes. A atriz deixou claro que, para ela “quem ama cuida” e que muitas situações normalizadas beiram a falta de respeito. “Não vejo problema algum em me considerar ciumenta. Em relação às redes sociais, ficar curtindo foto de mulher de biquíni não é legal…”, criticou.

Ao ser questionada pelo marido se isso vale para fotos de amigas, Bacchi respondeu que sim, pois muitas delas postam para sensualizar. A atriz afirmou que acharia desrespeitoso se o marido curtisse esse tipo de imagem. “Eu não fico curtindo foto de homem se sunga, que fica lá sensualizando”, comparou.

Bacchi e Nunes afirmaram que têm a senha do celular um do outro. O ex-jogador de futebol deixou claro que nunca mexeu no aparelho da mulher, porque confia nela, mas que já a questionou sobre fotos. “Quando estamos quase dormindo, ela está olhando o Instagram, vejo uma foto de homem e pergunto quem é”. Já Bacchi respondeu, aos risos, que nunca mexeu no celular do marido, porque Nunes “não desgruda dele”.

Nunes perguntou à mulher se ela posaria nua novamente e Karina surpreendeu na resposta. “De jeito nenhum. Eu estava solteira e uma das coisas que mais me arrependi na vida foi ter feito a Playboy, ter minha nudez exposta. Não faria de novo e não acho legal”. O ex-jogador concordou com a mulher dizendo que “também não acharia legal neste momento”.

Amaury Nunes e Karina Bacchi se casaram em novembro de 2018 em uma cerimônia íntima na praia, em Barra de São Miguel, em Alagoas, após pouco mais de um ano de namoro. Quem roubou a cena na ocasião foi o filho de atriz, Enrico, que apesar de ter apenas um ano de idade, foi o pajem da cerimônia e levou as alianças ao altar com ajuda de terceiros.

Jornal Midiamax