MidiaMAIS / Famosos

Em quarentena, Susana Vieira fala sobre o fim de divas da TV

Em entrevista concedida ao colunista Léo Dias, a atriz Susana Vieira diz não estar contente com o nível da dramaturgia brasileira atual

Carlos Yukio Publicado em 08/04/2020, às 11h49

None
Susana Vieira fala sobre o futuro das divas da tv brasileira

Em entrevista concedida ao colunista Léo Dias, a atriz Susana Vieira diz não estar contente com o nível da dramaturgia brasileira atual. Principalmente quando se trata das grandes divas, papel que já retratou diversas vezes na telinha durante os 50 anos que trabalha na Rede Globo.O jornalista deu detalhes da entrevista durante o programa Os Cabeças da Notícia, da Rádio Metrópoles 104,1 FM.

De acordo com ela, os grandes elencos das novelas da Globo contribuíram para que as atrizes sejam esquecidas. “Numa novela nova hoje, mesmo das 20h, tem três pessoas que você conhece, sabe o nome, são protagonistas, e tem oito garotas novas que você não sabe, ‘ah, é aquela que trabalhou em tal lugar’. É difícil. Quando a gente fazia novela, os elencos eram menores, então você podia fazer os papéis melhores para cada um. Mas não vejo esse endeusamento, não”, analisa a atriz.

Susana é capaz de elencar as artistas que ainda são divas. “Acho que as únicas que ainda são deusas é Juliana Paes, Giovanna Antonelli, Paolla Oliveira, Adriana Esteves, essa geração é a última de divas ainda. Teve a gente, depois veio essa safra de gente maravilhosa, né? Deborah Secco. Essas meninas que devem estar com 40 anos hoje em dia são as melhores atrizes dessa safra, não tem uma ‘mais ou menos’, são todas excelentes e elas ainda são ídolas. De lá para cá, não tem ninguém morrendo de saudade da fulana de tal, por exemplo”, decreta.

Sempre sincera, Susana revelou o que tem feito durante o isolamento social. “Nada! Juro, fico parada, atônita. Aí sento, tomo café da manhã e vejo televisão. Todo mundo manda não ver, mas não adianta, ligo a televisão. Aí quando começo a ver que eles estão muito chatos, desligo e vejo Netflix”, diz, sem perceber que citou o nome da empresa concorrente.

“A Globo vai assistir [essa entrevista]… ai, adoro a Globoplay, gente! Globoplay (risos). Garoto, vou te contar. Já pedi para o meu filho vir aqui, colocar Globoplay para mim, mas toda hora tem alguma coisa de pedir a senha certa e o nome. Eu não sei a senha. Gente, tem que ser uma coisa que você liga e a pessoa vai. Agora pedindo a senha, o RG”, desabafa.

Jornal Midiamax