MidiaMAIS / Famosos

Morreram tarde demais, diz irmão de suspeito de matar ator Rafael Miguel e família

No dia do enterro dos pais e do ator Rafael Miguel, Joel, irmão do homem suspeito de matar os três, deu uma entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record e disse, ao vivo, que eles teriam morrido ‘tarde demais’ por acreditar que a família estaria envolvida em uma rede de pedofilia, tentando justificar a atitude do […]

Evelin Cáceres Publicado em 13/06/2019, às 11h30

None

No dia do enterro dos pais e do ator Rafael Miguel, Joel, irmão do homem suspeito de matar os três, deu uma entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record e disse, ao vivo, que eles teriam morrido ‘tarde demais’ por acreditar que a família estaria envolvida em uma rede de pedofilia, tentando justificar a atitude do suspeito e culpabilizando as vítimas. Quem conduziu a reportagem foi Lilliany Nascimento.

Morreram tarde demais, diz irmão de suspeito de matar ator Rafael Miguel e família
Irmão de suspeito acredita que família tinha rede de pedofilia, informação não confirmada pela polícia (Foto: ReproduçãoTV)

O tio de Isabela disse que a família de Rafael “estava envolvida com uma rede de pedofilia” e que queria “corromper a menina, prometendo que ela ia ser artista de televisão”.

As acusações, até o momento, não foram comprovadas pela polícia. O homem ainda falou o seguinte para a repórter: “[Rafael, Miriam e João] estavam usando o amor como desculpa. Morreram tarde demais esses daí”, disse.

Suspeita-se de que Paulo Cupertino tenha fugido de casa, após os disparos, em um Volkswagen Up vermelho com uma placa possivelmente clonada, o que configuraria mais um crime.

(Com agências)

Jornal Midiamax