MidiaMAIS / Famosos

Modelo morre durante desfile da SPFW e causa polêmicas

O modelo Tales Newton Gomes Alvarenga Soares, de 26 anos, faleceu após um mal súbito durante o desfile da marca gaúcha Oska no último sábado (27) na São Paulo Fashion Week, um dos maiores eventos de moda do Brasil e do mundo. A Polícia de São Paulo aguarda laudo para saber o que matou modelo. O […]

Carlos Yukio Publicado em 29/04/2019, às 11h50

None
Modelo morre durante desfile e causa polêmica

O modelo Tales Newton Gomes Alvarenga Soares, de 26 anos, faleceu após um mal súbito durante o desfile da marca gaúcha Oska no último sábado (27) na São Paulo Fashion Week, um dos maiores eventos de moda do Brasil e do mundo.

A Polícia de São Paulo aguarda laudo para saber o que matou modelo. O corpo está sendo velado nesta segunda-feira (29) em Minas Gerais. Vídeos que circulam na internet e gravados pela Agência Base MGT, da qual Tales fazia parte, mostram o modelo cambaleando e caindo.

Segundo agentes, o modelo teve uma convulsão antes da cair. O caso foi registrado como “morte suspeita”. O 14º Distrito Policial (DP), em Pinheiros, também na Zona Oeste, investiga o caso.

A mãe de Tales, Heloisa Cotta, se manifestou nas redes sociais e reforçou que o filho não tinha problemas de saúde ou transtornos alimentares. “Sempre teve muita saúde e sempre se cuidava com exames periódicos, portanto as fatalidades acontecem e era a hora dele”, escreveu ela.

Os britânicos The Guardian e The Sun descreveram o tombo de Tales e citam as especulações sobre o que poderia ter acontecido com o jovem. Já o Telegraph destacou o desfile da grife Ponto Firme, que ocorreu após a confirmação do óbito, em que modelos carregaram cartazes em que se lia a palavra “luto”.

Polêmica

A continuidade dos desfiles e da SPFW gerou polêmica e uma onda de críticas. A marca Oska lamentou a morte do modelo e prestou condolências à família de Tales Cotta nas redes sociais:

View this post on Instagram

Nós da Också estamos profundamente tristes e devastados. Jamais poderíamos imaginar que o nosso desfile de estreia seria marcado por uma tragédia: a perda de um amigo especial, Tales Cotta. Em nome de toda equipe pedimos desculpas por temos dado continuidade ao desfile, independente das informações que dispúnhamos naquele momento, no backstage. Independente se tivesse sido uma queda ou ele desmaiado, jamais deveríamos ter dado continuidade ao desfile. Tudo aconteceu muito depressa. A equipe do corpo do bombeiros agiu rapidamente e o socorreu, levando-o para fora da passarela. Sugeriram que recomeçássemos a apresentação. Quando o desfile terminou, e voltamos para o camarim, recebemos a notícia que o Tales havia sido levado ao hospital, com vida. Aproximadamente uma hora depois, soubemos que, infelizmente, o Tales havia falecido. Vocês não imaginam nossa dor, tristeza quando recebemos essa notícia. Nesse momento, só pedimos que canalizem suas energias em preces, orações e mensagens de apoio e carinho para a família do Tales e amigos. Acreditamos que, com união e amor, conseguiremos juntos amenizar a dor dessa tragédia e dessa perda imensurável.

A post shared by Också (@ocksaofficial) on

A produção da São Paulo Fashion Week também se mobilizou sobre o acontecimento. Em nota oficial, divulgou um comunicado a respeito do falecimento do modelo:

“O modelo Tales Cotta teve um mal súbito no desfile da Ocksa e foi prontamente atendido pelos socorristas. Foi levado ao hospital com vida, sem indicação que viria a falecer.

O evento foi informado oficialmente pelo hospital do falecimento as 18:50. O atestado de óbito registra horário da morte as 18:40.

Com esta notícia, a organização se reuniu com as marcas, diretores de desfiles, stylists e modelos que tinham desfiles na programação, e foi dada a opção de cancelar os mesmos. Mesmo abalados, todos decidiram manter os desfiles. Foi decidido também pelo minuto de silêncio na abertura de cada um.

Lamentamos profundamente a morte de Tales, e mais uma vez prestamos nossas condolências à família. Estamos prestando toda assistência necessária neste triste momento.

O evento foi informado oficialmente pelo hospital do falecimento às 18:50. O atestado de óbito registra horário da morte as 18:40”.

O rapper Rico Dalasam criticou a postura do evento e expressou sua indignação publicamente durante apresentação. “Não era para ninguém estar aqui. O cara acabou de morrer e vocês estão aqui como se a vida não valesse nada”, afirmou o rapper.

Jornal Midiamax