MidiaMAIS / Famosos

Em registro com a filha no Instagram, Fernanda Lima faz ‘textão’ sobre pós-parto

No primeiro registro com a filha Maria Manoela nos braços, a apresentadora Fernanda Lima aproveitou para fazer um ‘textão’ e abriu o jogo sobre inseguranças, autocuidado e a importância da união entre mulheres no período do pós-parto. A imagem traz Fernanda confortável segurando sua filha. Livre de maquiagem e qualquer produção, a apresentadora agradeceu também […]

Ana Paula Chuva Publicado em 24/11/2019, às 14h50

(Reprodução | Instagram)
(Reprodução | Instagram) - (Reprodução | Instagram)

No primeiro registro com a filha Maria Manoela nos braços, a apresentadora Fernanda Lima aproveitou para fazer um ‘textão’ e abriu o jogo sobre inseguranças, autocuidado e a importância da união entre mulheres no período do pós-parto.

A imagem traz Fernanda confortável segurando sua filha. Livre de maquiagem e qualquer produção, a apresentadora agradeceu também aos fãs e amigos pelas mensagens de carinho. “Tem sido difícil dar uma pausa no dia a dia com a bebê para interagir no mundão virtual, mas consegui um tempinho para agradecer tantas mensagens de carinho que venho recebendo por aqui”, iniciou em seu perfil do Instagram.

Na postagem ela também agradeceu o apoio das mulheres durante a maternidade e falou sobre a importância disso na fase do puerpério. “Gostaria e preciso ressaltar o apoio de mulheres que, desde o início da minha gravidez, estiveram e seguem do meu lado, me fazendo mais forte. Geralmente são as mulheres que melhor acolhem, auxiliam, encorajam, acompanham e nos dão a mão para diminuir nossas inseguranças”, continuou.

Por fim, Fernanda que, assim como outras artistas, não romantiza a maternidade. Confessou estar passando por inseguranças mesmo sendo mãe pela terceira vez. “São muitas questões e tabus que dizem respeito ao nosso autocuidado e ao cuidado com os bebês. Portanto, um viva a solidariedade entre as mulheres! ”, escreveu

“Que a gente siga se olhando, se ajudando, se acompanhando, se defendendo e tentando cada vez mais voltar às nossas origens e não deixar que esse processo tão maravilhoso de gerar e parir se torne algo mecânico e sem sentido. E um viva aos homens que chegam junto, acompanham, se solidarizam e abraçam seus filhos e suas mulheres de maneira integral”, concluiu.

View this post on Instagram

Tem sido difícil dar uma pausa no dia a dia com a bebê para interagir no mundão virtual, mas consegui um tempinho para agradecer tantas mensagens de carinho que venho recebendo por aqui. Também gostaria e preciso ressaltar o apoio de mulheres que, desde o ínicio da minha gravidez, estiveram e seguem do meu lado, me fazendo mais forte. Geralmente são as mulheres que melhor acolhem, auxiliam, encorajam, acompanham e nos dão a mão para diminuir nossas inseguranças. Sim, porque são muitas inseguranças que acompanham uma mulher desde a gravidez até o pós-parto. Mesmo que não seja seu primeiro filho, como é o meu caso. São muitas questões e tabus que dizem respeito ao nosso autocuidado e ao cuidado com os bebês… Portanto, um viva a solidariedade entre as mulheres! Que a gente siga se olhando, se ajudando, se acompanhando, se defendendo e tentando cada vez mais voltar às nossas origens e não deixar que esse processo tão maravilhoso de gerar e parir se torne algo mecânico e sem sentido. E um viva aos homens que chegam junto, acompanham, se solidarizam e abraçam seus filhos e suas mulheres de maneira integral. ♥️ #maternidade #sororidade

A post shared by Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) on

Jornal Midiamax