MidiaMAIS / Famosos

Scarlett Johansson causa polêmica com novo papel no cinema

O último papel escalado para a atriz Scarlett Johansson está dando o que falar nas redes sociais. A polêmica se dá pela identidade de gênero do personagem não condizer com a da atriz. Em trabalho do diretor Rupert Sanders, com quem já trabalhou no filme A Viajante do Amanhã (2017), Scarlett atuará como Dante “Tex” Gill, um cafetão transgênero que viveu na Pittsburgh dos anos 1970.

Carlos Yukio Publicado em 04/07/2018, às 12h12 - Atualizado em 05/07/2018, às 11h48

None
Novo papel de Scarlett Johansson causa polêmica em redes sociais

O último papel escalado para a atriz Scarlett Johansson está dando o que falar nas redes sociais. A polêmica se dá pela identidade de gênero do personagem não condizer com a da atriz. Em trabalho do diretor Rupert Sanders, com quem já trabalhou no filme A Viajante do Amanhã (2017), Scarlett atuará como Dante “Tex” Gill, um cafetão transgênero que viveu na Pittsburgh dos anos 1970.

A escolha de uma atriz cis (denominação para o indivíduo que se identifica com sua identidade de gênero) para viver um homem trans foi mal recebida pelo público. A crítica baseia-se primordialmente na exclusão de atores que são homens trans e que são igualmente capacitados para interpretar o papel, mostrando a falta de representatividade.

Além disso, muitos apontam que essa decisão endossa a ideia de que pessoas transgênero estão fingindo ser algo que não são. Scarlett havia sido criticada anteriormente por “A Vigilante do Amanhã”, filme no qual vive uma robô que na versão original tem traços asiáticos.

O personagem de Johansson em Rub & Tug era um mestre do crime que dominava as casas de massagem ilícitas naquela época. O filme vai mostrar as brigas do cafetão com a máfia, o tempo que passou na prisão e o romance com a esposa, Cynthia Bruno.

Jornal Midiamax