MidiaMAIS / Famosos

Michael Jackson foi castrado pelo pai, diz médico

Mais uma polêmica circunda a família Jackson. Depois da morte de Joe Jackson, pai de Michael, no dia 27 de junho por causa de um câncer no pâncreas, o médico Conrad Murray acusou o patriarca da família de ter castrado o filho quimicamente.

Carlos Yukio Publicado em 12/07/2018, às 09h14 - Atualizado às 09h15

None
Michael Jackson teria sido quimicamente castrado, segundo médico

Mais uma polêmica circunda a família Jackson. Depois da morte de Joe Jackson, pai de Michael, no dia 27 de junho por causa de um câncer no pâncreas, o médico Conrad Murray acusou o patriarca da família de ter castrado o filho quimicamente. O feito proposital seria para manter a voz do cantor mais aguda e não se tornar mais grave com a puberdade.

“A crueldade expressada por Michael que ele havia vivido nas mãos de seu pai, particularmente o mau tratamento e, além disso, o fato de que ele foi castrado quimicamente para manter sua voz estridente, está além das palavras”, disse Murray, segundo a revista People.

Após a morte do pai do cantor, Murray declarou em vídeo exposto pelo site americano The Blast que espera que “Joe Jackson encontre a redenção no inferno”.

Vale lembrar que o médico foi condenado a 2 anos de prisão por homicídio após prescrever uma overdose de propofol a Michael Jackson, em 2009.

Jornal Midiamax