MidiaMAIS / Famosos

Bruno Mars é o grande premiado na festa do Grammy, vencendo todas as categorias

Ele levou também 'Melhor Álbum'

Daiane Libero Publicado em 29/01/2018, às 14h04

None

Ele levou também ‘Melhor Álbum’

Bruno Mars dominou a festa do Grammy, em uma premiação que recompensou suas canções para dançar, superando Despacito e os lançamentos densos e politizados do hip hop. Mars venceu em todas as categorias nas quais estava indicado e saiu da cerimônia, no Madison Square Garden de Nova York, com oito gramofones, incluindo Melhor Álbum e Gravação por 24K magic e melhor canção por That’s what I like. Muito feliz com as vitórias, o músico recordou a primeira apresentação, quando era criança, para alguns turistas no Havaí.

“Eu lembro como se fosse hoje, pessoas que não se conheciam, de lados opostos do planeta, dançando uns com os outros, celebrando juntos”, disse. “A única coisa que eu queria fazer com este álbum era isso”, completou. Despacito, o hit viral de Luis Fonsi, que recebeu três indicações por seu remix con Daddy Yankee e Justin Bieber, não venceu em nenhuma categoria.

Bruno Mars é o grande premiado na festa do Grammy, vencendo todas as categorias

Vestida de branco, ao lado de várias cantoras, como Cyndi Lauper e Camila Cabello, Kesha fez uma interpretação emocionada da canção Praying, que terminou em lágrimas e em um grande abraço de todas as artistas. Muitos músicos como Lady Gaga usaram no domingo uma rosa branca em solidariedade com as vítimas de abuso sexual.

A jovem cantora Camila Cabello lembrou dos “Dreamers”, os quase dois milhões imigrantes que foram levados ilegalmente aos Estados Unidos por seus pais e que estão sob ameaça de deportação do governo de Donald Trump.

O presidente norte-americano também foi criticado quando o apresentador da cerimônia, James Corden, destacou o pouco apreço de Trump pela leitura. Neste momento foi exibido um vídeo com celebridades lendo trechos do livro Fire and fury: Inside the Trump White House, que faz um relato sobre o primeiro ano de seu mandato.

Músicos críticos de Trump como Cher e Snoop Dog leram vários trechos, assim como Hillary Clinton, derrotada pelo republicano nas eleições de 2016. “Com isto eu venço o Grammy”, disse Clinton após ler algumas linhas.

Jornal Midiamax