MidiaMAIS / Famosos

‘Tripudiaram sobre a minha dor’, diz Luana Piovani após campanha contra assédio

Atriz relembrou quando Dado Dolabella a agrediu

Guilherme Cavalcante Publicado em 07/04/2017, às 11h58

None
luopiovani.jpg

Atriz relembrou quando Dado Dolabella a agrediu

A campanha ‘Mexeu com uma, mexeu com todas’, puxada por atrizes da Rede Globo contra o caso de assédio sofrido por uma figurinista da emissora pelo ator José Mayer, ganhou as redes nesta semana. Entretanto, a atriz Luana Piovani soltou o verbo sobre a falta de solidariedade quando ela foi vítima do machismo.

Em seu canal no Youtube, ‘Luana Sem Freio’, a atriz relembrou de quando foi agredida pelo também ator Dado Dolabella, seu então namorado. “Dado Dolabella enfiou a mão na minha cara, eu fui pro mundo inteiro contar. Seis meses depois, ele ganhou 2 milhões no reality show A Fazenda, votado pelo telefone”, relembrou.

No vídeo, Piovani também falou como sentiu-se desamparada pelas colegas quando sofreu agressão. “Eu estava fazendo um trabalho na TV e não quis cancelar. Estava em frangalhos. Tripudiaram sobre a minha dor. Uma produtora me acusou de agredi-la. Ela fez um circo em cima da minha vida e todo mundo foi aplaudir”, revelou.

Apesar de lamentar a falta de solidariedade em seu episódio de agressão, a atriz deu o recado dela e destacou a necessidade de se criar consciência entre as mulheres para quebrarem o silêncio. “Histórias de assédio, machistas e misóginas são o que a gente mais tem. Assédio sempre existiu. A gente precisa quebrar o silêncio, em todos os lugares”, finalizou.

Confira o vídeo na íntegra:

Jornal Midiamax