MidiaMAIS / Famosos

Empresário Lirio Parisotto é condenado por agredir Luiza Brunet

Ele cumprirá um ano de prestação de serviços comunitários e ficará 2anos sob vigilância

Guilherme Cavalcante Publicado em 06/06/2017, às 11h33

None

Ele cumprirá um ano de prestação de serviços comunitários e ficará 2anos sob vigilância

O empresário Lirio Parisotto foi condenado a um ano de prestação de serviços à comunidade pela agressão contra a ex-namorada, a modelo Luiza Brunet. A sentença, assinada pela juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti, titular da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Tribunal de Justiça de São Paulo, foi publicada na segunda-feira (5).

Segundo o jornal O Globo, a sentença determinava que o empresário cumprisse pena em regime aberto, o que faria com que o empresário passasse a noite em sua própria casa. Todavia, a juíza suspendeu a esta pena por não se tratar de réu reincidente e considerando itens como “culpabilidade, antecedentes, conduta social e personalidade” do empresário.

Empresário Lirio Parisotto é condenado por agredir Luiza Brunet

Brunet foi agredida pelo empresário em maio do ano passado, durante viagem a Nova York. Na ocasião, ela relatou ter tido quatro costelas quebradas, além de lesões no olho esquerdo. Na noite da segunda-feira, ela publicou nota na qual agradece o apoio durante o processo.

“Não foi fácil me expor, nem será apagar as marcas que a violência me deixou. Mas o que, ontem, foi vergonha e medo, hoje, é força e uma certeza: seguir no combate à violência contra as mulheres”. escreveu a Brunet. Ela ainda pode recorrer da decisão.

Jornal Midiamax