MidiaMAIS / Famosos

Defesa de Parisotto nega que empresário será processado por abandono afetivo

Advogado afirma que pai e filho têm excelente relação

Guilherme Cavalcante Publicado em 11/08/2016, às 20h21

None
lirio-parisotto-getty.jpg

Advogado afirma que pai e filho têm excelente relação

A defesa do empresário Lirio Parisotto desmentiu que o ex-namorado de Luiza Brunet pode ser processado por abandono afetivo, movida por uma ex-namorada, mãe de um menino de 9 anos, fruto de um relacionamento com o empresário no passado, conforme trouxe nesta quarta-feira (11) o Jornal Extra.

Ainda nesta segunda-feira, o advogado Luiz Kignel, que representa Parisotto, destacou à imprensa, por meio de nota, que o suposto abandono afetivo é uma inverdade, já que a relação do empresário com a criança, inclusive com a mãe dela, continua cordial e respeitosa e que não há qualquer possibilidade de ação judicial.

A assessoria de Kignel também encaminhou à imprensa a reprodução de um comunicado assinado por Claudia Souza Miranda, mãe do filho de Parisotto, na qual afirma que não contratou advogado para promover qualquer processo judicial contra o empresário, destacando, também, que a relação deles segue normal e respeitosa.

(Divulgação/Assessoria)

Confira a nota na íntegra:

"A mentira covarde levada aos jornalistas só comprova a má intenção da fonte de provocar constrangimentos para influenciar o processo movido por sua ex-namorada Luiz Brunet, diante da negativa do empresário em fazer barganhas financeiras. 'A mãe do menor jamais buscou para si qualquer vantagem patrimonial ou financeira por conta deste relacionamento, sempre zelando os pais, de comum acordo, pelo bem estar do filho comum', esclarece Kignel".

Jornal Midiamax