MidiaMAIS / Cinema

Todas as vezes que a Marvel popularizou seus heróis mais desconhecidos nos cinemas

Produção Publicado em 10/11/2021, às 13h47

None
Foto: Reprodução

É inegável que a Marvel teve muita coragem, mesmo antes de ser adquirida pela Disney, ao iniciar o projeto de seu Universo Cinematográfico que, hoje, domina as salas de cinema do mundo inteiro.

Mesmo que tenha investido em personagens muito mais seguros inicialmente nos anos 2000 com os populares Homem-Aranha e X-Men, a verdadeira revolução organizada e muito bem planejada começa, em 2008, com o lançamento de Homem de Ferro, trazendo Robert Downey Jr. no papel protagonista.

Hoje parece um absurdo afirmar que houve uma época que ninguém sabia ao certo quem era o Homem de Ferro, mas realmente era o cenário: o herói, mesmo integrando Os Vingadores nos quadrinhos, não recebia muita atenção na editora e contava com poucas fases realmente de destaque dentro de sua história.

Isso é, até o lançamento de seu filme ser um sucesso explosivo que pavimentou todo o caminho de um Universo Cinematográfico que brilha até hoje com diversos filmes que você confere na SKY Pré Pago.

Desde então, diversos títulos integram esse panteão gigantesco de obras e segue em expansão. Enquanto alguns heróis mais populares como Hulk, Thor e Capitão América ganharam seus respectivos filmes, outros totalmente desconhecidos também receberam atenção e ganharam muita popularidade.

Separamos todas as ocasiões que a Marvel ousou e provou fazer muitos milhões de dólares mesmo com os personagens mais improváveis.

Homem de Ferro (2008)

Como mencionado na introdução do texto, Homem de Ferro foi a escolha da Marvel para iniciar o seu ambicioso projeto de Universo Cinematográfico.

Com o personagem se tornando o rosto principal da Marvel por mais de uma década na figura de Robert Downey Jr., ele até hoje tem importância ímpar dentro dos filmes.
O filme, até hoje muito divertido e bem executado sendo um dos melhores já feitos pela produtora, traz a história de origem do personagem levando o magnata bilionário armamentista Tony Stark a renovar a sua vida após ser sequestrado por um grupo terrorista durante uma visita ao Oriente Médio.

Gravemente ferido por estilhaços de sua própria bomba, Stark encontra meios muito improváveis de construir uma armadura de ferro para conseguir se livrar do cativeiro. Ao retornar para sua casa, decide mudar completamente o ramo de sua empresa enquanto trabalha no projeto secreto das novas armaduras que o tornaram o famoso Homem de Ferro.

Guardiões da Galáxia (2014)

Demorou seis anos para a Marvel correr o mesmo risco que correu com Homem de Ferro, mas a aposta foi mais que certeira ao trazer os totalmente desconhecidos personagens que integram a equipe dos Guardiões da Galáxia ao trazer um filme que funciona perfeitamente sozinho, mesmo que fazendo parte do escopo maior do Universo Cinematográfico.

Apostando no talento de James Gunn que, até a época, nunca havia dirigido um projeto de orçamento tão expansivo e complexo como esse, o filme se tornou um dos maiores sucessos possíveis dentre seu panteão de personagens. Acabou virando uma pequena franquia de prestígio dentro de uma franquia já consolidada.

O divertido filme traz a história de Peter Quill, conhecido como Senhor das Estrelas, que após conseguir a posse de uma das Joias do Infinito, rapidamente passa a ser perseguido pelos mercenários Gamora, Rocket Raccoon e Groot. Entretanto, todos acabam presos e precisam unir forças com o esquisito Drax para conseguir fugir de uma das prisões mais vigiadas da galáxia formando um grupo improvável e um laço de amizade bruta.

Homem-Formiga (2015)

Com a confiança conquistada pelas projeções otimistas de Guardiões da Galáxia, a Marvel já tinha encaminhado a produção de Homem-Formiga, que foi lançado apenas um ano depois do sucesso do grupo galáctico.

Ainda que não tenha conquistado um prestígio e sucesso comercial como o do outro grupo já citado, o filme foi bastante visto e conquistou boa avaliação crítica ao estabelecer o personagem Homem-Formiga, outro integrante dos quadrinhos que pouquíssimas pessoas imaginariam ganhar um blockbuster para chamar de seu.

No filme, o recém-saído da prisão Scott Lang acaba novamente em um plano criminoso de roubo ao ser contratado por Hank Pym, um cientista que inventou um traje que permite que qualquer um reduza seu tamanho ao de uma mera formiga. Trabalhando com muita comédia e sequências de ação inspiradas envolvendo a escala dos objetos, o filme é uma das aventuras mais despretensiosas e divertidas da Marvel.

Doutor Estranho (2016)

Mesmo contando com o nome estelar de Benedict Cumberbatch para interpretar o personagem protagonista, é inegável que Doutor Estranho era um personagem de pouco destaque da editora.

As aventuras do Mago Supremo não são muito expressivas contando com poucas obras de destaque nos quadrinhos, mas sua adaptação para as telonas funcionou e também reverteu um bom lucro para a Marvel.

Trazendo a história de origem de Stephen Strange para se tornar o Doutor Estranho, o longa aposta em uma narrativa mais dramática, mas também bastante segura seguindo os caminhos clássicos já consolidados em Homem de Ferro.

Pantera Negra (2018)

Outro vingador que também não era um personagem de muita repercussão pública antes de sua primeira aparição em Capitão América: Guerra Civil é o Pantera Negra. Consolidado já no filme evento que trouxe uma treta intensa entre o Primeiro Vingador e o Homem de Ferro, não demorou muito para que o Rei de Wakanda ganhasse seu próprio filme.

Facilitado diante dessa situação, o longa não fez feio e acumulou mais de um bilhão em bilheteria consagrando Chadwick Boseman no papel icônico do personagem em uma aventura bastante emotiva evocando críticas sociais pertinentes, além de um vilão que marcou gerações.

Capitã Marvel (2019)

Outro grande desafio era trazer a história de Carol Danvers para os cinemas. A famosa personagem que já foi a Mrs. Marvel para então se tornar a Capitã Marvel nos quadrinhos também não era conhecida pelo público e, para piorar, tinha uma das histórias de origem mais burocráticas da editora.

O filme foi uma das maiores surpresas da Marvel, mesmo diante de um medo de rejeição do público com a atriz protagonista Brie Larson. O longa superou a marca do bilhão e garantiu a sequência.

Se passando nos anos 1990, o filme mostra todo o processo de redescoberta que Carol Danvers enfrenta para descobrir quem realmente é e impedir uma ameaça alienígena gigantesca de destruir a Terra. O filme também já a prepara para sua participação definitiva em Vingadores: Ultimato como uma das últimas esperanças da humanidade.

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis (2021)

Definitivamente muita gente nunca ouviu falar de Shang-Chi antes de sua estreia cinematográfica.

Trazendo o primeiro super-herói asiático do Universo Cinematográfico da Marvel, o filme foi o primeiro a ser lançado exclusivamente nos cinemas em tempos pandêmicos com a Disney já tentando retomar os lucros de bilheteria vistos em anos anteriores.

A obra também marca como a Fase 4 desse projeto tão bem elaborado terá que ser uma das mais arriscadas, já que a jornada de grande parte dos personagens mais importantes da franquia foi finalizada em Vingadores: Ultimato.

O filme traz a jornada de Shang-Chi em assumir seu posto como defensor da humanidade após as ameaças de seu pai, detentor dos poderosos dez anéis, recaírem sobre ele e seus amigos.

Eternos (2021)

A última estreia de Marvel é Eternos que atualmente já está em exibição nos cinemas. Trazendo agora um supergrupo de personagens que também são extremamente desconhecidos pelo grande público, Eternos pode ser considerado como um dos projetos mais arriscados da produtora porque, além de não trazer personagens já estabelecidos, é o segundo maior filme do Universo Cinematográfico.

No filme, os espectadores conhecem toda a história de uma liga de protetores da humanidade que são imortais e vagam entre povos desde a origem das civilizações. Porém, depois de um acontecimento trágico, decidem se omitir e fugir de suas responsabilidades, desistindo de usar seus poderes em prol de todos.

Mas tudo muda novamente quando uma ameaça espacial se faz presente obrigando todos eles a se reunirem para deterem um grande inimigo que pode destruir o planeta que habitam.

Jornal Midiamax