MidiaMAIS / Cinema

Campo Grande Na Tela leva debates e filmes locais à escolas da Capital

Nesta sexta-feira (4) é a vez da Escola Municipal Consuleza Maksoud Trad receber o projeto “Campo Grande Na Tela”, que leva filmes feitos na Capital e debates a instituições de ensino de todas as regiões da cidade para que os jovens tenham contato com o cinema local.

Carlos Yukio Publicado em 03/05/2018, às 16h48

None
CG na Tela leva filmes locais e debates às escolas

Nesta sexta-feira (4) é a vez da Escola Municipal Consuleza Maksoud Trad receber o projeto “Campo Grande Na Tela”, que leva filmes feitos na Capital e debates a instituições de ensino de todas as regiões da cidade para que os jovens tenham contato com o cinema local. O projeto já passou em três escolas nas regiões do Centro, Segredo e Imbirussú e na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). Ele é desenvolvido pela Marruá Arte e Cultura com recursos do FMIC (Fundo Municipal de Incentivo à Cultura), oriundos da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Campo Grande.

A exibição dos filmes têm início às 15h. Serão exibidos: Ser Criança Em Campo Grande, de Tina Xavier; Olhar Diferente, de Marielle Oliveira; O Olhar Indígena Sobre Campo Grande, de Sidney de Albuquerque; Espera e Enterro, de Fábio Flecha; Ela Veio Me Ver e A TV Está Ligada, de Essi Rafael; Clave Latina e Preto e Branco, de André Monteiro; Tia Eva, de Ana Carla Pimenta e Vânia Lúcia Duarte; Lamento, de Eduardo Romero; e Memórias de Luz, de Farid Fahed, seguidos de debates.

Importância Social

Antes de levar as exibições para cada escola, integrantes do projeto vão até o local e expõem um guia pedagógico explicando como ele funciona e apresentando os filmes que participam da mostra. No guia ainda há sugestões de temas e exercícios sobre o conteúdo gerado a partir deste contato com o cinema que podem ser aproveitados em sala de aula nas disciplinas de História, Literatura, Português, Geografia e Artes.

Para o coordenador do projeto, Belchior Cabral, é importante levar estas produções até os jovens. “ Nos últimos anos, o trabalho da Marruá se aproximou do cinema e da prática audiovisual. De projetos que desenvolvemos surgiram vários curtas. Percebemos que havia um acervo deles bastante relevantes e reveladores sobre a cidade em que moramos. Diante desse repertório pensamos ser importante transmitir esse conhecimento às novas gerações, produzindo mostras para exibição nas escolas e guias pedagógicos para apoiar os educadores, realizando debates ”, ressalta Cabral.

Por meio do “Campo Grande Na Tela” muitos adolescentes tiveram o primeiro contato com o cinema local, como é o caso de Rayane Martins, estudante de 14 anos da Escola Municipal Nagib Raslan, onde o projeto esteve 18 de abril. “Gostei bastante, vi filmes que falam de Campo Grande ou têm histórias que se passam em nossa terra. Nunca tinha assistido nada daqui, é tão legal quanto os filmes que costumo ver de fora”, avalia.

Debates

Após as exibições acontecem debates para que os estudantes entendam melhor como funciona as produções campo-grandenses. Na Consuleza Maksoud estará a atriz Conceição Leite. A próxima escola a receber o projeto será a Escola Municipal Múcio Teixeira Júnior, na Vila Carlota, nos dia 8 de maio, às 9h15 e 15h15.

Com Assessoria.

Jornal Midiamax