MidiaMAIS / Cinema

Eddie Reymane ganha Oscar de melhor ator por “A Teoria de Tudo”

Redmayne venceu com seu papel do famoso astrofísico britânico que vive em uma cadeira de rodas

Gerciane Alves Publicado em 23/02/2015, às 10h49

None
eddie.jpg

Redmayne venceu com seu papel do famoso astrofísico britânico que vive em uma cadeira de rodas

Eddie Reymane ganhou neste domingo (22) o prêmio de melhor ator por sua interpretação de Stephen Hawking em “A Teoria de Tudo”.

“Obrigado à Academia”, disse o ator sobre o palco do Teatro Dolby. “Não sou capaz de articular o que sinto agora, mas tenho consciência do sortudo que sou. Este Oscar pertence a todas as pessoas no mundo todo que lutam contra a esclerose lateral amiotrófica”, acrescentou.

Redmayne venceu assim com seu papel do famoso astrofísico britânico que vive em uma cadeira de rodas e sem possibilidade de falar por causa dessa doença.

A seu favor tinha o fato de encarnar uma figura real e interpretar um papel de incapacitado, fatores decisivos historicamente para a Academia de Hollywood. Além disso, os vencedores do prêmio do Sindicato de Atores – como em seu caso – e os do Oscar na categoria de melhor ator coincidiram plenamente na última década.

O ator pode ser visto atualmente em um registro completamente diferente na ficção científica “O Destino de Júpiter”, dos irmãos Wachowski, e roda atualmente “The Danish Girl”, de Tom Hooper, sobre a vida do pintor dinamarquês Einar Wegener.

Redmayne venceu Steve Carell, por “Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo”; Michael Keaton, por “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”; Bradley Cooper, por “Sniper Americano” e Benedict Cumberbatch, por “O Jogo da Imitação”.

Jornal Midiamax