A Império do Morro foi a escola de samba campeã do Carnaval de 2024, com 158,9 pontos. A escola Verde Rosa terminou a apuração apenas 1 décimo na frente da Major Gama, segunda colocada, com 158,4 pontos. Já A Pesada ficou com a terceira colocação.

Última a desfilar, a Império do Morro se apresentou na segunda noite de desfiles da Liesco (Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá). A agremiação apresentou na avenida a essência do homem pantaneiro, defendendo o enredo “As emoções de um cantador pantaneiro” com 900 componentes divididos em 16 alas.

A apresentação na Passarela do Samba trouxe o encantamento e as inquietações provocadas pelo sentimento humano diante do Pantanal, que é repleto de belezas naturais e traz em seu bioma um vasto arsenal de inspiração para música, arte, poema, sonhos e fantasia. Em seu samba, a verde e rosa cantou com orgulho “Sou pantaneiro, vou cantar, resgatar! Nossa essência: o Pantanal”.

De acordo com a Liesco, oito quesitos, com dois jurados cada, estiveram sob avaliação: bateria; samba-enredo; fantasias; alegorias; enredo; comissão de frente; mestre-sala e porta-bandeira e o conjunto harmônico (harmonia/evolução). Pelo regulamento, as agremiações tiveram tempo mínimo de 55 minutos de desfile e máximo de 70 minutos.

O 2024 – ‘Pantanal é a Passarela do Samba e da Alegria' foi uma realização da Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá e Secretaria Municipal de Governo, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Setescc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura) e (Fundação de Cultura do ). O apoio cultural é da Ala Telecom.

(Informações, prefeitura de Corumbá)