Os avistamentos de onças-pintadas em estão cada vez mais impressionantes. Agora, dois felinos desta espécie foram flagrados se atracando e chegaram a voar durante o embate.

O flagra aconteceu recentemente, na última semana, no sul-mato-grossense. Mais especificamente no hotel Caiman Pantanal, onde também atua a ONG Onçafari, que monitora as onças-pintadas da região.

O vídeo que flagrou o comportamento está publicado nas redes sociais da meliponicultora Camilla Klabin e impressionou seus seguidores, que reagiram às imagens, registradas pela hóspede da Caiman, Erika Baracchini Flores.

Além do registro visual, os esturros altos e ferozes das onças-pintadas também são impressionantes e mostram a natureza selvagem desses animais, enquanto várias pessoas assistiam de perto, maravilhadas. Confira:

Onças-pintadas se atracando provocaram reações

O MidiaMAIS tentou contato com a ONG Onçafari e com a responsável pelo vídeo, mas não obteve resposta até o fechamento deste texto. Desse modo, ainda não ficou esclarecido se as onças-pintadas da gravação são dois machos, duas fêmeas, ou um macho e uma fêmea.

No entanto, as imagens por si só são fortes e capazes de provocar reações de assombro e surpresa em quem as assiste. “Que máximo, me lembro do tempo que tínhamos que rodar muito para ver uma ”, escreveu uma internauta. “A briga foi feia”, comentou outra seguidora. “Briga de gente grande”, opinou uma terceira. “O tempo fechou”, disparou mais um.

Vale lembrar que, também na semana passada, dois machos foram flagrados juntos em clima de paz na mesma região.

Machos onças-pintadas em paz

Dois machos de onça-pintada juntos? Isso é possível? Em casos raríssimos, sim. E a ONG Onçafari registrou um deles nos últimos dias em Mato Grosso do Sul. Os guias não acreditaram e chegaram a pensar que se tratava de um casal da espécie acasalando, já que o fato de ver onças macho juntinhos é muito raro. Tanto que eles ficaram surpresos quando descobriram que nenhum deles era uma fêmea.

Enquanto a equipe de guias de turismo procurava por onças-pintadas na região da Estância Caiman, no Pantanal sul-mato-grossense, o sinal do colar de monitoramento da onça macho Magno tocou e acendeu o alerta.

De acordo com o Onçafari, o macho Magno estava caminhando em uma área de vegetação mais fechada, “atrás da moita”, até que os guias perceberam que ele não estava sozinho.

“Num primeiro momento, pensaram que Magno estava com uma fêmea e que veriam os dois copulando. Mas a verdade é que, alguns minutos depois, quando os animais seguiram para uma área mais aberta, nossa equipe percebeu que a outra onça era o Suki, um macho que apareceu já adulto pela Caiman em 2020”, explica a ONG.

Veja o carrossel de fotos:

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok