Foi num sonho que o nome “casal da faxina” surgiu para Rafael Luiz de Assis, 27. Antes de dormir em um dia de preocupação, ele havia pedido para receber uma revelação que solucionasse os problemas financeiros da família que formou com a esposa Katlen Karolyne, 23. Pagar aluguel, ver chegar boleto atrás de boleto e dar conta dos gastos com as duas filhas não estava nada fácil para o casal, que nasceu e vive em Campo Grande.

Transformar aquele sonho em algo concreto parecia impossível quando pensavam no preconceito e desconfiança que iriam enfrentar, afinal, muita gente ainda pensa que serviço doméstico é coisa de mulher. Mas eles decidiram divulgar o trabalho e agendaram uma diária, duas, três… até se convencerem que faxinar em casal daria muito certo.

“Aconteceu muito rápido. Do mesmo jeito que foi no sonho, aconteceu na realidade”, lembra Rafael. Eles começaram a trabalhar juntos em residências em 2019 e pararam em 2021, devido ao agravamento da pandemia e a nova gestação de Katlen. Retornaram com tudo em 2023, dispostos a fazerem mais clientes além dos que já conquistaram.

Embora forçados a fazer a pausa da faxina em casal, Rafael continuou limpando algumas casas sozinho, além de fazer “bicos” para complementar a renda enquanto Katlen cuidava da filha recém-nascida e das outras meninas que o casal já tinha. “E mesmo quando ele chegava em casa, fazia as coisas aqui no nosso lar também. É sempre um ajudando o outro”, se orgulha a esposa.

Cliente aderiu após conhecer casais iguais em SP

Uma das primeiras clientes, Divani Rodrigues contratou o casal por já conhecer a proposta do tempo que viveu em São Paulo (SP). “Chamei os dois para virem aqui em casa há três anos pela primeira vez. Sabia que era algo que funcionava muito bem por já ter contratado no outro estado”, conta.

Um antes e depois da faxina do casal (Fotos: acervo pessoal)

O que Divani mais gosta do serviço é a agilidade e a qualidade. “O casal é excelente, são extremamente caprichosos e cuidadosos com os objetos. São rápidos, porém fazem tudo com qualidade”, afirma.

Mary Oliveira é outra cliente fiel do casal da faxina de Campo Grande. Ela os conheceu após ver anúncios postados no grupo no Facebook do condomínio onde ela mora. “Eles chegam às 7h em ponto e saem às 14h. Minha casa fica muito limpa e organizada. Gosto muito do trabalho deles e superindico!”, recomenda.

De casas simples a casarões, o casal trabalha por valores que partem de R$180 a diária.

Divisão do trabalho

Ao trabalharem juntos, os dois dividem o serviço por cômodos. Geralmente, Rafael pega o que precisa de mais limpeza e requer mais esforço físico. “É que sou mais forte, mas a ‘bichinha também tem força’, viu? Não é fraca, não”, defende o marido.

Eles procuram dar “um talento” maior na cozinha e no banheiro. “Os dois são o ‘point’, é ali que o serviço é mais notado e a gente ganha o cliente”, afirma Rafael. Ainda assim, nenhum detalhe é deixado de lado. A organização e a limpeza garantem o bem-estar da família daquela casa, por isso, são feitos com muito carinho e atenção pelo casal, explica Katlen.

O trabalho externo também é feito com esmero. Geralmente, os dois limpam juntos as varandas, as churrasqueiras e o que mais tiver na parte de fora das casas.

“Nunca brigamos, nós damos é muita risada juntos”

Perguntados se conviver o dia todo, tanto no trabalho quanto em casa, acaba gerando mais oportunidades para se desentenderem, o casal nega.

“Nós nunca brigamos, nós damos é muita risada juntos”, fala Rafael. Katlen confirma. “Eu acho que ter essa parceria tem efeito contrário, só fortalece nossa relação”, pontua.

E para manterem a paz selada dentro de casa, eles afirmam que evitam fazer bagunça e ensinam as três filhas a prezaram pela organização.

E você, conhece outro casal que teve uma boa ideia para vencer os boletos? Conta pra gente!

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok.