Mary (Arquivo Pessoal)

Fé e cumplicidade é o que move a vida da família da estudante Sofia Espinosa Moura, de 23 anos. Sua vó, Maria Pinilla, ou Mary, como sempre gostou de ser chamada, de 77 anos, recebeu há poucos anos, um diagnóstico que pegou todos de surpresa. O que até então eram apenas sinais da idade mais avançada, na verdade, era o Alzheimer dando às caras na vida da jornalista e economista tão querida em Curitiba.

Mulher muito a frente do seu tempo, com uma agenda cheia de compromissos e “viciada” em figurinhas de bom dia do WhatsApp, Mary sempre teve a mania de escrever bilhetinhos por toda a casa, para nunca esquecer os afazeres do dia e, ao perceber que aos poucos a doença avançava, deixou um último pedido anotado para a família, que se surpreendeu no dia da mudança.

Enquanto guardavam as coisas de Mary, Sofia e sua mãe, Simone Pinilla Espinosa, de 53 anos, encontraram um pedido inusitado na porta do guarda-roupa. A mensagem dizia:

“Família e amigos, sou doadora total de órgãos. O pulmão não, fumei muitos anos. O fígado é virgem, nunca bebi. As córneas, ok. O coração, ok. Os rins, ok, e tudo que puderem aproveitar. Obrigada”, finaliza.

Recado foi deixado na porta do guarda-roupa. (Arquivo Pessoal)

Sofia conta que a avó sempre foi muito reservada e não compartilhava quase nada da sua vida pessoal, por isso ninguém fazia ideia de que ela é doadora de órgãos e o pedido emocionou todos que estavam no momento.

“Antes do Alzheimer, a pessoa teve uma história e as pessoas esquecem do valor dela”, conta Sofia.

“Hoje ela é 100% dependente da família porque a doença está em estágio avançado. Mas com fé em Deus e família unida, a gente vence os obstáculos. Ela faz fisioterapia, aulas de artes… continua vivendo a vida dela”, afirma.

@sofiaespinosamoura

Fomos esvaziar o apartamento da minha avó e achamos essa surpresa ❤️

♬ som original – Sofia Espinosa Moura

Fé e esperança para vencer

E esse vídeo de Mary não é o único que emocionou quem acompanha Sofia nas redes sociais. Neste quarta-feira (26), a estudante divulgou uma surpresa que fez com a família para o seu pai, Márcio Moura de Souza, 49 anos, que luta contra o câncer.

Sofia com seus pais. (Arquivo Pessoal)

Em 2019, Márcio recebeu o diagnóstico de câncer de vesícula, mas a doença acabou se espalhando para outros órgãos, como pulmão e sistema linfático.

Nos últimos 30 dias, ele precisou ir para Curitiba fazer uma radiocirurgia, um tratamento que não tem em Mato Grosso do Sul, e Sofia ficou para cuidar da avó.

No dia em que ele chegou, a tia da estudante sugeriu que fizessem uma comemoração de boas-vindas. Então elas juntaram a família, chamaram um pastor e prepararam toda a surpresa, compartilhada com os seguidores de Sofia nas redes sociais.

A estudante contou que ele ficou muito emocionado e que, embora a doença seja hereditária e não tenha cura, a família segue acreditando que um milagre pode acontecer, basta ter fé.

Confira: