MidiaMAIS

VÍDEO: Na hora do sorteio da mega, quem comprou gás também concorreu a ‘milão’ em Campo Grande

Distribuidora teve a ideia de fazer sorteio do dinheiro e também deixou muita gente na expectativa pela grana

Graziela Rezende Publicado em 01/01/2022, às 19h00

None
Foto: Reprodução

É claro que não chega nem perto dos R$ 378 milhões sorteados na Mega da Virada, neste ano de 2021, mas, ganhar mil reais, assim, só porque comprou um gás de cozinha, também não é nada mal. A ideia foi do proprietário de uma distribuidora do ramo, localizada no Jardim Presidente, região norte de Campo Grande, o que fez atrair clientela e muita gente na expectativa pela grana. 

O curioso é que, pontualmente, às 20h dessa sexta-feira (31), enquanto o sorteio da Mega da Virada rolava na televisão, o empresário Ronnie Alves de Souza, de 48 anos, chamou os funcionários "testemunhas" e usou as redes sociais da empresa para iniciar o sorteio dos mil reais. 

“Eu pensei em tudo no início do mês e, no dia 5 de dezembro, já começamos a divulgar a promoção, fazendo um panfleto específico para divulgar o sorteio dos mil reais. A intenção era aumentar as vendas e tirar recurso próprio da empresa mesmo. E deu muito certo, recebia mensagens do WhatsApp o tempo todo de gente pedindo o gás e escrevendo o quanto precisava dessa grana para quitar contas atrasadas, entre outras coisas”, afirmou ao Jornal Midiamax o empresário. 

Segundo Alves, teve desde clientela nova aparecendo a “gente comprando gás até sem precisar” para concorrer ao dinheiro. “Eu vi realmente que é um presentão para começar 2022 e me surpreendi com a necessidade das pessoas, que interagiram bastante e falavam o motivo pelo qual queriam a grana. Para o próximo ano, se Deus permitir, quero aumentar este valor e ter, no mínimo, 3 ganhadores”, disse.

Me senti privilegiada, diz ganhadora

Panfleto foi distribuído no início deste mês, diz empresário

A vendedora autônoma, Luzinete Diniz, de 43 anos, é quem ganhou o prêmio. “A sensação foi muito boa. Eu não imaginava. Foi uma surpresa, uma maravilha começar o ano já ganhando algo. Me senti privilegiada em ser contemplada”, comemorou. 

No caso deste sorteio, Nete, como é conhecida, fala que nem se lembrava. “Eu precisava de gás e um dia pedi indicação para uma amiga. Ela me deu o cartão de lá, eu pedi e só lembro que fui bem atendida. É a primeira vez que comprei e agora já sou uma super cliente. Quero mais e mais sorteios”, brincou. 

Com o dinheiro, a vendedora, que possui uma banca de açaí na Mata do Jacinto, disse que vai doar um pouco para um familiar e pagará alguma conta atrasada com o restante. “Se sobrar um pouquinho ainda pretendo comprar ingredientes para fazer o açaí. Todo mundo sabe que não foi um ano fácil para os comerciantes. Temos família, então, precisamos pedir saúde a Deus e continuar trabalhando”, finalizou. 

Jornal Midiamax