Primeira Olimpíada de Sustentabilidade está com inscrições abertas para estudantes

Competição é realizada em duas etapas
| 28/01/2022
- 19:00
Primeira Olimpíada de Sustentabilidade está com inscrições abertas para estudantes

Estão abertas as para a primeira edição da Restaura Natura – Olimpíada Brasileira de Restauração de Ecossistemas, competição voltada para estudantes do 7º ao 9º ano do ensino fundamental. As inscrições para participar iniciaram no dia 26 de janeiro e podem ser feitas pelo site: restauranatureza.org.br.

A olimpíada é uma iniciativa educativa que visa promover a cultura e a vivência de restauração a partir da comunidade escolar. Por isso, vai abordar temas atuais que estão conectados com o currículo das escolas como a restauração de ecossistemas terrestres e marinhos, regeneração natural, combate à degradação da natureza e crise climática.

Os participantes vão enfrentar duas etapas: a primeira é individual, realizada de forma on-line, sendo composta por desafios que fazem o estudante testar o que sabe sobre o tema, acumulando pontos para a fase final. Nessa fase, os estudantes terão acesso a nove temas formativos, todos importantes para a restauração de ecossistemas, além de 20 planos de ação para se inspirar; e na segunda etapa os inscritos terão dois meses para desenvolver uma atividade prática em grupo e com a ajuda de um professor responsável. Essa etapa pode envolver uso de tecnologia, plantio, campanhas de engajamento ou demais atividades que estejam alinhadas com o tema.

“A Restaura Natureza reconhece a complexidade de cada território e ambiente do Brasil. Aprendemos coletivamente com vários parceiras e parceiros que precisamos agir acolhendo a diversidade e fortalecendo as soluções locais. Em cada lugar, em cada cidadã e cidadão, uma ideia pode nascer diferente. Por isso o projeto começa agora, mas espera ampliar parcerias e identificar complementariedades com outras iniciativas, organizações, coletivos e atores da sociedade”, explica Gabriela Yamaguchi, do WWF-Brasil, organização que atua para combater a degradação socioambiental e defender a vida das pessoas e da natureza.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

Veja também

Apaixonado por aventura, casal deseja conhecer todos os municípios de Mato Grosso do Sul

Últimas notícias