Pneu estourado pode ter causado acidente com ônibus da dupla sertaneja

Motorista perdeu o controle do veículo, que tombou no canteiro central da rodovia Régis Bittencout
| 07/05/2022
- 18:32
Pneu estourado pode ter causado acidente com ônibus da dupla sertaneja
(Foto: Reprodução/G1)

Pneu estourado pode ter causado o acidente com o ônibus da sertaneja Conrado e Aleksandro, que deixou seis mortos na manhã deste sábado (7), uma das vítimas é o cantor Aleksandro. O motorista perdeu o controle do veículo, que tombou no canteiro central da rodovia Régis Bittencout, na altura de Miracatu, no interior de São Paulo.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o problema ocorreu no pneu dianteiro esquerdo.

Aleksandro foi uma das seis vítimas fatais a ter o nome divulgado, a outra foi o guitarrista e violinista da dupla, Wisley Novais. A morte foi confirmado pelo Gaiteiro Pica-Pau, um dos sobreviventes do trágico acidente. Conrado, sofreu ferimentos leves e foi hospitalizado junto com outros 11 membros da equipe.

O ônibus vinha de Tijucas do Sul, no Paraná e tinha como destino a cidade de São Pedro (SP), onde a dupla realizaria um show na noite deste sábado. Ao todo 19 pessoas estavam listadas entre os passageiros.

Acidente e morte de Aleksandro

Após a confirmação da morte de Aleksandro, a produtora que agencia a dupla sertaneja natural de Dourados, divulgou uma nota oficial explicando que Conrado está internado com ferimentos leves junto a outros 11 membros da equipe. O ônibus em que os dois estavam, junto a banda, se envolveu em um acidente na manhã deste sábado (7) na Rodovia Régis Bittencourt, próximo à cidade de Miracatu (SP).

O trecho da rodovia foi bloqueado para atendimento as vítimas, segundo a Polícia Rodoviária. O acidente ocorreu no km 402 da pista norte da BR-116 e o veículo pertence à dupla sertaneja, que estava no interior do ônibus.

A dupla de sertanejo universitário, segundo o portal Uol, foi formada em 2003 em Dourados, e seus principais sucessos são "Efeito borboleta", "Bão Com Força", "Camionete Inteira" e "Põe no 120".

Vídeo de ônibus em alta velocidade

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um motorista gravando o ônibus da dupla Conrado e Aleksandro que teria atingido mais de 140 km/h. Não é possível afirmar, no entanto, que a filmagem é recente.

"Se acontece um acidente, sempre é culpa de alguma coisa, mas a imprudência fala mais alto", disse o motorista que seguia atrás do ônibus.

A gravação tem 1 min 39 segundos e, a todo momento o motorista do ônibus segue a mais de 100 km/h. O motorista do carro começa a seguir e fala: "Passa dos outros caminhões como se fosse pequeno", comenta.

Veja também

Apresentadora retorna a país africano e mostra primeira foto no local, na pista do aeroporto, nesta segunda-feira (4)

Últimas notícias