Fies estabelece novos limites para valores semestrais do financiamento; confira

Mudança também é válida para aditamentos de contratos a 2º semestre de 2022
| 28/07/2022
- 15:19
Fies estabelece novos limites para valores semestrais do financiamento; confira

Novos valores para os cursos de graduação que poderão ser financiados Financiamento Estudantil (Fies) foram fixados. Para o curso de Medicina, por exemplo, o valor semestral máximo será de R$ 52.805,66. Já para os demais cursos, o valor máximo financiado por semestre será de R$ 42.983,70. Já o mínimo semestral financiado, independentemente do curso, é de R$300, conforme informações que constam na Resolução nº 50, publicada no Diário Oficial da União. 

Esses valores já se aplicam para os aditamentos de renovação semestral contratados a partir do 2º semestre de 2022, referentes aos contratos de financiamento que se encontrem na fase de utilização. Em geral, são disponibilizadas 100 mil vagas por ano para o , aproximadamente, cujo objetivo é conceder financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, com juros zero e uma escala que varia de acordo com a renda familiar do candidato. 

O Fies 2022 do primeiro semestre ofereceu 66.555 vagas com financiamento a juros zero. Para o segundo semestre serão oferecidas mais 45.445 vagas, totalizando a previsão de 110.100 para o ano. Podem participar do Fies os estudantes que participaram de alguma edição do Enem entre 2010 e 2021, com média de pelo menos 450 pontos e nota acima de zero na redação. Além disso, é preciso comprovar renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa.

As inscrições para o programa são realizadas duas vezes por ano. Neste semestre, as inscrições do Fies 2022.2 serão realizadas de 9 a 12 de agosto.

Bolsas de estudo para graduação

O Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país, disponibiliza bolsas de estudo para cursos EAD e presenciais com até 70% de desconto nas mensalidades para diversos cursos em parceria com milhares de instituições em todo o país. Há bolsas para graduação, pós-graduação, cursos técnicos, de idiomas, educação básica e preparatórios para vestibulares. 

Para conquistar uma bolsa pelo programa não é necessário ter nota do ou comprovar renda. Basta acessar o site e conferir as oportunidades disponíveis na sua região.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Veja também

Últimas notícias