Com imagens emocionantes, exposição aborda os 522 anos de opressão aos povos indígenas em MS

A exposição é um autorretrato sobre indignação e dor das etnias Terena e Guarani-Kaiowá
| 11/04/2022
- 17:29
Com imagens emocionantes, exposição aborda os 522 anos de opressão aos povos indígenas em MS
Exposição estará disponível em Campo Grande e Aquidauana (Foto: Dionédison Terena)

O fotógrafo indígena Dionédison mostra a história e a luta dos povos indígenas pela terra em na exposição ‘Nonêti’, que acontece na Aldeia Lagoinha, em Aquidauana, e na Aldeia Água Bonita, em Campo Grande.

Com 32 fotografias em preto e branco, e curadoria da cineasta Marinete Pinheiro, a exposição é um autorretrato sobre indignação e dor, onde a realidade das etnias Terena e Guarani-Kaiowá possui uma autenticidade de luta de quem está no front e na defesa das terras tracionais, pela manutenção do território sagrado e da cultura ancestral.

Dionédison entrou para fotografia em 2007, motivado pelo que acontece com a população indígena no estado de Mato Grosso do Sul. Atualmente vive na aldeia Água Bonita, em Campo Grande/MS.

Serviço

Dia 11/04 -  Escola Municipal Marcolino Lili – Aquidauana/MS

Dia 12/04 – Aldeia Urbana Água Bonita – Campo Grande/MS


Fale com o MidiaMAIS!

Quer conversar com a gente sobre o universo do entretenimento e cultura? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e Tiktok


Tem uma história legal para compartilhar com a gente? Fale direto com nossos jornalistas do Midiamais.

Veja também

Na sequência de vídeos publicadas pela influenciadora digital, ela explicou as duas situações onde teve dados médicos divulgados sem autorização

Últimas notícias