A 6ª edição da Semana Nacional de Arquivos começa na quarta-feira (8) na nova sede do Arquivo Histórico de Campo Grande (Arca). De acordo com a Sectur (Secretaria Municipal de Turismo), evento vai dialogar sobre a importância dos acervos na história.

Em 2022, o Conselho Internacional de Arquivos (ICA) propôs o tema #SomosArquivo. Serão três dias de atividades, voltadas principalmente para profissionais da área e estudantes.

Na quarta, haverá uma visita técnica mediada ao prédio do Arca, a partir das 8h. Serão selecionadas 10 pessoas para o passeio, e as inscrições podem ser feitas por este site.

Já na quinta-feira (9), o cronograma segue de maneira on-line. Às 16h, a FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) promove uma roda de conversa virtual por meio de suas redes sociais (@fundacaodeculturams), com o tema “Arquivos em Debate”. O evento é aberto ao público.

Na sexta-feira (10) será realizada a Oficina de Preservação e Conservação de Documentos, ministrada pelo professor e doutor em Ciência da Informação Rodrigo Pereira. No total, 20 pessoas poderão participar, mediante inscrição prévia no site. A oficina ocorre na sede do Arquivo Público Estadual, das 8h às 12h.

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, falou sobre a importância de cultivar instituições de arquivo. “Preservando histórias do passado, nós aprendemos sobre quem somos e como podemos melhorar para o futuro. E é fundamental que nós possamos aproximar cada vez mais as comunidades de entidades como o Arca, para que suas memórias também sejam eternizadas”, afirmou Max.

Serviço

O Arca está localizado na Rua Brasil, n.º 464, no Bairro Monte Castelo. Já o Arquivo Público Estadual fica na Rua Fernando Corrêa da Costa, n.º 599.  Todas as atividades são gratuitas.


Fale com o MidiaMAIS!

Quer conversar com a gente sobre o universo do entretenimento e cultura? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e Tiktok. Tem uma história legal para compartilhar com a gente? Fale direto com nossos jornalistas do Midiamais.