MidiaMAIS

Sexóloga revela qual o principal problema na vida sexual dos campo-grandenses

Ter prazer resulta em dar prazer, por isso, neste dia do sexo, autorize-se a ser feliz e não a "querer ter razão", diz a profissional

João Ramos Publicado em 06/09/2021, às 08h00

Existem três tipos de sexo: são (de saudável), seguro e consensual
Existem três tipos de sexo: são (de saudável), seguro e consensual

Em dois anos de pandemia, sexo e sexualidade entraram na pauta, talvez mais do que em qualquer outra época. Nesta segunda-feira (6), comemora-se o Dia do Sexo. A pergunta é: como celebrar uma data tão significativa como essa?

Sexóloga de Campo Grande, Karina Brum, orienta quem não quer deixar a data passar em branco. "Primeiro, é importante entender e respeitar na atualidade três conceitos sobre sexo: são (de saudável), seguro e consensual", pontua a profissional.

De acordo com a sexóloga, os indivíduos trazem crenças que limitam ou castram sua forma de expressão sexual. "Seja qual for sua identidade de gênero, é muito importante perceber que sua sexualidade resulta em como interpreta seus sentimentos e emoções", afirma ela ao Jornal Midiamax.

Dia do sexo é celebrado nesta segunda-feira, dia 06 de setembro
Dia do sexo é celebrado nesta segunda-feira, dia 6 de setembro.

Ter prazer resulta em dar prazer

Na Capital sul-mato-grossense, os tabus, segundo Karina, ainda predominam. Ao MidiaMAIS, ela revelou quais são os principais desafios que têm encontrado, em relação à vida sexual dos casais nos relatos de pacientes de Campo Grande e o que costuma ser feito para superá-los.

"Em pleno século 21, o maior dilema entre os casais ainda é a verbalização. Se quer ser criativo, fale! Se quer inovar, fale, se quer realizar alguma fantasia ou fetiche, fale! Ninguém tem bola de cristal para ler pensamentos. Toque um ser humano escutando suas expressões, se importe", dispara a sexóloga.

"Um relacionamento saudável é composto por adultos funcionais. E fazer sexo implica em construção de vínculos e quebras de tabus. Divirta-se! Visite sex shops, permita-se vivenciar experiências novas e prazerosas. Ter prazer resulta em dar prazer, por isso, nesse dia do sexo, autorize-se a ser feliz e não a 'querer ter razão'", finaliza Karina.

Jornal Midiamax