MidiaMAIS

Confira o desempenho dos principais nomes da música de MS no Spotify

Num cenário competitivo e desproporcional, grandes artistas da música sul-mato-grossense buscam e conseguem o seu espaço

João Ramos Publicado em 27/06/2021, às 07h33

Dados são animadores e empolgantes para os artistas regionais
Dados são animadores e empolgantes para os artistas regionais

O boom do Spotify nos últimos anos triplicou o alcance de grandes artistas nacionais, mas será que, de certa forma, essa explosão engoliu a disseminação da música regional na plataforma?

Curioso para saber como anda o desempenho dos principais nomes da música sul-mato-grossense no streaming de canções, o MidiaMAIS separou uma lista com artistas de relevância para o cenário musical do Estado e foi conferir os números conquistados. Dos mais tradicionais e antigos aos mais populares da atualidade; confira o levantamento:

Trinka e a campograndense Marina Peralta fazem sucesso em Campo Grande e no aplicativo 

Queridinho entre os jovens, o grupo Trinka, formado por Chicão Castro, Fábio Adames e o DJ Danilo Dan, tem 810 ouvintes mensais na plataforma. Entre as canções mais populares está "Deixe o Amor Fluir", com mais de 170 mil players. Os números do top 5 do trio no Spotify variam entre 117 mil, 40 mil, 25 mil e 7 mil players.

Marina Peralta já ultrapassou as barreiras estaduais e supreende despontando com mais de 109 mil ouvintes mensais. No top 5, o single "Agradece" tem mais de 5 milhões de streams. "Ela encanta" conta com mais de 2 milhões e "Novo Canto" 1 milhão: um fenômeno.

Grupo Acaba tem seu espaço, Sampri está caminhando e Filho dos Livres praticamente já se consolidou

Tradicional, o Grupo Acaba conta com 786 ouvintes mensais e os hits clássicos da música sul-mato-grossense de raiz alcançam de 4 a 12 mil players. "Sampri", com as meninas do samba, tem 43 ouvintes mensais e os players no top 5 variam entre mil e 2 mil.

"Filho dos Livres", também das antigas, mas que permanece atual, tem 1.176 ouvintes por mês e os números de players nas canções são bastante consideráveis. "Meu Carnaval" lidera a lista das populares, com quase 41 mil players, seguida por "Alguém como você é", com 24 mil.

Marlon Maciel, além de fazer parte do Canto da Terra, também trabalha em carreira solo; Delinha tem seu público também no streaming

Bombado, o grupo "Canto da Terra" tem excelente alcance na plataforma, com 12.385 ouvintes mensais, e o hit "Soy el chamamé" conta com mais de 312 mil players. No restante da lista, demais canções populares variam entre 48 e 91 mil players.

Marlon Maciel, do chamamé de raiz, também não fica para trás, conquistando quase 6 mil ouvintes por mês e com 4 canções ultrapassando os 40 mil players. Atentendo a um público das antigas, que passa longe do streaming, Delinha acumula 2507 ouvintes mesnais. "Por Onde Andei" desponta entre as mais populares, com 143 mil players.

Falecido em 2019, Dino Rocha supreende pelo bom desempenho na plataforma. Tostão & Guarani e O Bando do Velho Jack também apresentam bons resultados

Tostão e Guarany somam 2.711 ouvintes por mês, e os players variam de 8 mil a 36 mil no top das mais populares. "Flor da Fronteira" e "Baile em Ponta Porã" são as mais ouvidas. O Bando do Velho Jack também tem o seu espaço com mais de 4500 ouvintes mensais fieis. O single "Palavras Erradas" conta com mais de 136 mil players e é o mais ouvido. As demais canções do top 5 variam entre 41 mil e 26 mil streams.

Dino Rocha surpreende com players generosos. "Gaivota Pantaneira" lidera as mais populares e também as mais ouvidas de seu perfil, com mais de 111 mil players. As demais canções da lista acumulam entre 42 e 68 mil players.

Conquistando seu espaço

Os dados, apesar de muito inferiores comparados a artistas nacionais e internacionais, são muito animadores e empolgantes para a música sul-mato-grossense. Artistas regionais buscam e conseguem seu espaço na plafatorma de músicas, conquistando uma boa quantidade de ouvintes mensais e números excelentes de players nas canções.

Quanto paga o Spotify?

De acordo com o MCT - Música, Copyright e Tecnologia, o Spotify geralmente paga entre US$0,003 e US$0,005 por transmissão, o que significa que um artista precisa ter cerca de 250 plays em cada música para ganhar quase um dólar. 

Jornal Midiamax