MidiaMAIS

Saiba como empreender em 2021 sem cair em armadilhas

Um ano novo chegou e, com ele, novas oportunidades de vida. Por 202 ter sido um ano atípico, muita gente começou a querer tirar do papel aquele sonho de empreender. Planejar e colocar um negócio em prática exige muita disciplina e determinação. Por isso, David Mourão, CEO do Linker, banco digital PJ com soluções 100% focadas nas […]

Bruna Vasconcelos Publicado em 06/01/2021, às 15h12

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação) - (Foto: Divulgação)

Um ano novo chegou e, com ele, novas oportunidades de vida. Por 202 ter sido um ano atípico, muita gente começou a querer tirar do papel aquele sonho de empreender. Planejar e colocar um negócio em prática exige muita disciplina e determinação. Por isso, David Mourão, CEO do Linker, banco digital PJ com soluções 100% focadas nas pequenas e médias empresas, separou algumas dicas simples para aqueles que querem começar uma jornada empreendedora não cair em armadilhas. Confira:

De olho nas finanças

Muitas vezes, no início da jornada o empreendedor não tem um salário, ou recebe muito abaixo do que está acostumado. É necessário planejamento para estar preparado para aguentar este período e fazer o seu negócio se consolidar no mercado.

Organize o seu tempo de maneira produtiva

Tenha uma agenda com todas as atividades que deverá realizar durante o dia e divida o tempo que irá gastar com cada uma. Assim, você conseguirá otimizar o seu trabalho, dar mais atenção para assuntos que sejam prioridade e, de quebra, estará preparado para lidar com imprevistos que possam aparecer durante o dia.

Crie uma rede de apoio

Afinal, somar forças é essencial no empreendedorismo. É necessário sempre buscar conhecer outros empreendedores do mesmo ramo, tendo a mentalidade de cooperação. Assim, você entende as dores e dificuldades que porventura possam acontecer, compartilhar dúvidas, conhecer fornecedores confiáveis e pode contar com o apoio dessa rede de contatos, principalmente no início.

Fique de olho na concorrência

É importante sempre realizar um benchmarking semestral para entender o que os seus concorrentes estão fazendo, quais novidades estão apresentando e, principalmente, quais resultados estão conseguindo com essa estratégia. Essa análise é crucial para guiar a estratégia da sua equipe e otimizar as práticas e processos da sua empresa.

Seja flexível

Essa é uma das dicas mais difíceis. A verdade é que nem sempre as suas ideias serão o melhor para a sua empresa. Se desapegar delas e aceitar ideias novas e diferentes é importante para todas as áreas do empreendedorismo.

Entenda e conheça seu mercado

É crucial que o empreendedor se aprofunde em todas as pontas da sua área de atuação e esteja sempre atualizado sobre as tendências do mercado. Pesquise, acompanhe e esteja em dia com os movimentos que podem impactar a sua empresa, tanto oportunidades quanto ameaças ao seu negócio.

Prepare-se para imprevistos, com certeza eles acontecerão

Quando um funcionário pede demissão, por exemplo, e você precisa pagar todos os direitos, isso é uma surpresa. Mas, se você está minimamente preparado, consegue fazer um acordo ou resolver a situação de uma forma que não prejudique o caixa da empresa. Algumas situações, porém, já são pré-programadas, como por exemplo o 13º: desde o começo do ano você já pode fazer um caixa para pagar os funcionários. Organização é tudo.

Conheça seu diferencial

Esse é um dos principais fatores que garantirá o sucesso do seu empreendimento e deve ser pensado antes mesmo de colocar a ideia em prática. Ter clareza quanto aos diferenciais do seu negócio parece óbvio, mas muitos empreendedores não abraçam este potencial. Uma dica simples para aqueles que não têm clareza quanto aos diferenciais é perguntar para os próprios clientes Pergunte qual foi o maior atrativo para que ele comprasse o seu produto ou contratasse o seu serviço, a resposta pode ser o que diferencia você da concorrência.

Não misture as finanças da empresa com as finanças pessoais

É um pouco óbvio, mas o dinheiro e as despesas da empresa não podem ser misturados com o dinheiro e os gastos pessoais. Muitas vezes o próprio empreendedor, por falta de recursos e pessoas, acaba fazendo essa mistura e isso é muito prejudicial. Atualmente essa é uma das maiores causas de mortalidade dos novos empreendimentos.

Não se acomode!

É importante sempre rever acordos, fornecedores, parceiros e gastos. Procure pessoas e soluções que ofereçam as melhores condições para a sua empresa. Busque ferramentas para que você ganhe tempo, agilidade e economize!

Empreender não é um caminho fácil. São muitos altos e baixos, mas com planejamento, organização e uma rede de apoio, tenho certeza que você irá alcançar o sucesso que busca com a sua empresa.

Jornal Midiamax