MidiaMAIS

Ranço que virou amizade completa 30 anos e amigas fazem tatuagem para eternizar parceria

20 de julho é dia do amigo no Brasil, e a história dessas quatro moradoras de Campo Grande é perfeita para representar a data

João Ramos Publicado em 20/07/2021, às 08h25

Tatuagens foram feitas há uma semana a fim de celebrar este dia especial
Tatuagens foram feitas há uma semana a fim de celebrar este dia especial - (Fotos: Arquivo Pessoal)

As quatro amigas, Jane Conegundes, Aldinéia Conegundes, Renata Dias Espósito e Virgínia Dias Espósito, se conheceram em 1991, há exatos 30 anos. Mas nem tudo foi lindo e colorido desde o início. Na realidade, como em muitos casos, o sentimento à primeira vista foi de raiva e ranço, que logo se transformaram em amor e amizade.

Jane namorava um primo das irmãs Renata e Virgínia e, como adoravam participar dos bailes da época, em vários clubes da cidade, o casal levou Virgínia junto em uma situação no Círculo Militar. Lá surgiu um grande ranço, pois Jane não curtia dançar e cedeu o namorado para dançar com a prima, levando o maior chá de arquibancada, enquanto Virgínia “saracoteava" com seu amado o baile todo.

Amizade antiga tem resistido ao tempo (Foto: Arquivo Pessoal)

Alguns anos depois, quando já estava separada do rapaz, Jane e Renata estudavam no período noturno e encontravam-se constantemente no ônibus que seguia para o mesmo bairro onde moravam. Elas já se conheciam de outras ocasiões nas festas familiares deles. Então, como entrava no ônibus primeiro, Jane sempre procurava um banco sozinha para não ter que dialogar com Renata. Mas, um dia, não houve opção. Renata fez questão de sentar ao seu lado.

"Meio sem graça, começamos a conversar e quando chegou a hora dela descer percebemos que havíamos feito neste trajeto uma grande amizade! Convidou-me para ficar na casa dela na sexta, pois tinha o Baile no Clube Capital. Assim fiz, já desci com a mochila pronta, após a aula. Fomos ao baile e só fui aparecer na minha casa na segunda à noite depois da escola", relembra Jane ao MidiaMAIS.

Na ordem: Virgínia, Jane, Aldinéia e Renata (Foto: Arquivo Pessoal)

A irmã de Jane, Aldinéia, estava superpreocupada, já que na época elas não tinham celular. Aldinéia também já conhecia Renata e Virgínia, mas a experiência não tinha sido nada agradável pelas brincadeiras e sacanagens que fizeram com ela. "Expliquei que a nossa impressão estava totalmente errada, pois eram pessoas maravilhosas. E na próxima sexta, Aldinéia juntou-se ao grupo das novas amigas", conta Jane.

A partir deste início de amizade, as quatro nunca mais se separaram. Nas festas, só dava elas. "Era Rochedo, Corguinho, Rio Negro, Campo Grande... sempre estávamos as quatro amigas. Passamos por tantos momentos alegres e tristes, choramos muito e rimos mais ainda. Nossas histórias foram muitas, grandes emoções que dariam um livro, talvez de comédia", afirmam rindo.

Amigas aprontaram bastante ao longo de três décadas (Foto: Arquivo Pessoal)

"Algumas fases ficamos afastadas de corpo, mas nunca de alma. A vida nos proporcionou muitas histórias para compartilhar e até hoje vivemos momentos de companheirismo eterno", concluem. E a amizade não parou somente na ligação das quatro. Hoje, o filho de Virgínia, João Otávio, a filha da Renata, Brenda, e a sobrinha de Aldinéia e Jane, Andressa, são grandes amigos.

Amizade também acontece entre as famílias (Foto: Arquivo Pessoal)
São muitos anos de parceria firme (Foto: Arquivo Pessoal)

"Nossos pais e os delas também têm um forte laço de amizade, carinho e amor. Sempre declaramos que nossa amizade seria eterna, um dia fizemos um pacto de 'cuspir nas mãos' para selar a amizade, mas hoje estamos mais maduras e seguras, e por isso decidimos fazer um pacto de amizade e fidelidade mais ousado: uma tatuagem de quatro corações", dizem.

Símbolos contam uma historinha (Foto: Arquivo Pessoal)

Os desenhos no braço de cada uma simbolizam o início da parceria, firmada há três décadas em Campo Grande. O coração pintado de preto representa a ordem em que elas fizeram amizade: Renata a primeira, Jane segunda, Aldinéia terceira e Virgínia a quarta a entrar para o grupo.

"Fizemos isso como símbolo desse amor verdadeiro de 30 anos entre amigas. Pois cada uma dedica seu amor, sem esperar resposta e presença constante. Sendo sempre uma amizade inesperada, honesta, sincera e muito louca", finalizam.

As quatro amigas em 2021, quando foram fazer o desenho (Foto: Arquivo Pessoal)
União está eternizada nos braços (Foto: Arquivo Pessoal)
A amizade só se fortalece com o passar do tempo (Foto: Arquivo Pessoal)
Em três décadas, são muitas histórias para contar.

Jornal Midiamax