MidiaMAIS

Polêmica: campo-grandenses amam comer comida com banana; será que faz mal?

Especialista esclarece se o costume de comer comida com banana pode ou não desregular o funcionamento intestinal e do estômago

João Ramos Publicado em 25/09/2021, às 07h57

Ovo frito, arroz e feijão são alguns dos alimentos preferidos dos campo-grandenses para usar a banana como acompanhamento
Ovo frito, arroz e feijão são alguns dos alimentos preferidos dos campo-grandenses para usar a banana como acompanhamento - (Foto: Reprodução, Twitter)

Frita, da terra, nanica... com farofa, feijão ou ovo frito. Para os leitores do Jornal Midiamax, banana é boa com tudo e o alimento é quase indispensável como acompanhamento nas principais refeições tradicionais do dia a dia. Motivo de polêmica na internet, a preferência pela fruta no prato de comida é questionada e não agrada todo mundo.

Muitos sentem nojo só de pensar na combinação e afirmam não gostar de sentir nem o aroma da banana junto com o feijão, por exemplo. Enquanto outros dizem não conseguir fazer uma refeição sem a doce e calórica fruta.

Diante do debate, o MidiaMAIS lançou uma enquete no Clube de Receitas do Midiamax e 326 leitores responderam à pergunta: "Você é do time que coloca banana na comida para acompanhar ou prefere não misturar?". A resposta "Banana na comida" obteve 269 votos, enquanto "Prefiro não misturar" ganhou apenas 57.

O resultado representa não só os campo-grandenses e sul-mato-grossenses, mas o Brasil de forma geral. É hábito nacional acrescentar uma bananinha numa pratada de arroz e feijão, ao lado de vários alimentos pesados no almoço e na janta. Mas, será que esse costume pode trazer algum prejuízo ou desequilíbrio para quem ingere? Ou ainda, será que faz mal ou engorda?

Banana é queridinha dos sul-mato-grossenses (Foto: Reprodução, Twitter)
Banana é queridinha dos sul-mato-grossenses (Foto: Reprodução, Twitter)

De acordo com Tássia Lima, nutricionista clínica e esportiva de Campo Grande (CRN3 – 50567), uma banana junto com o almoço ou com jantar, não vai fazer ninguém engordar.

"A banana é sim um alimento rico em carboidrato, vitaminas e minerais, como potássio e magnésio, e fibras também. Tudo depende da composição do seu prato e das quantidades que se consome. Quanto mais variada é uma refeição, contendo verduras, legumes e algumas frutas, mais nutritiva ela é", explica a profissional ao MidiaMAIS.

"Lembrando que seu consumo deve ser de maneira equilibrada e não de forma excessiva. Para quem não tem hábito de consumir frutas no dia a dia, é uma boa opção começar inserir dessa forma junto com alguma refeição, até conseguir se habituar a consumir frutas em outros horários", orienta a nutricionista.

Combinação perfeita

Segundo Tássia, a banana não irá desregular o funcionamento intestinal ou do estômago. A nutricionista ainda ensina como equilibrar o prato usando a banana como acompanhamento sem nenhum peso na consciência.

"É uma fruta bem nutritiva e, por ter carboidrato e fibras, traz bastante saciedade. Uma opção para uma refeição mais equilibrada é diminuir a quantidade do arroz, ou macarrão no prato — que também são fontes de carboidratos — e inserir a banana, ou ainda consumi-la como sobremesa após a refeição", aconselha a nutricionista.

Jornal Midiamax