MidiaMAIS

Motoboys criam app '100% campo-grandense' para facilitar a vida de entregadores e comerciantes na Capital

Segundo representante, plataforma funciona como um 'Uber das entregas'

João Ramos Publicado em 17/04/2021, às 08h58

Classe está crescendo na Capital sul-mato-grossense
Classe está crescendo na Capital sul-mato-grossense - (Arquivo pessoal)

No começo da pandemia em 2020, o motoboy Fernando Albuquerque de Sá montou um grupo no WhatsApp chamado "Entregadores CG67" para os trabalhadores da categoria em Campo Grande, fazendo adesivos e panfletos e distribuindo nos comércios da Capital.

"Todos os dias me pediam indicações de motoboys e eu enviava um do grupo, aí o grupo foi crescendo e eu não esperava que cresceria tanto. Hoje em dia não estávamos mais dando conta, pois o serviço era manual. Foi aí que resolvemos fazer um app para atender melhor e mais rápido nossos clientes", relata ao Jornal Midiamax o representante da iniciativa.

O objetivo do aplicativo, segundo Fernando, é ajudar os dois lados: o comerciante a ter um motoboy para uma entrega com agilidade e segurança e o motoboy a ter ótimos ganhos sem ser explorado por aplicativos de outros estados e países.

Na primeira semana de funcionamento, em 4 dias, a plataforma já contava com 100 comerciantes cadastrados. No grupo, são 200 motoboys e mais de 100 já registrados no aplicativo. "Aos poucos, estamos cadastrando o restante da turma, pois pegamos todos os dados pessoais para o app ser mais seguro", garante Fernando.

Como funciona?

O aplicativo é muito simples de ser usado. É como se fosse pedir um Uber, mas no lugar do carro e passageiro, chega um motoboy para levar uma encomenda. A solicitação é enviada para o entregador mais próximo da coleta para que o trabalhador não ande muito até retirar o item a ser entregue.

"No momento, nosso app só faz o cálculo da entrega para levar, ele calcula sozinho e antes de pedir você já vê o valor na tela de quantos reais ficará o serviço. Como só levamos, têm muitos comércios que precisam que o motoboy retorne. Dessa forma, cobramos por fora o valor de 5 reais em toda Campo Grande para retornos", explica o entregador.

O diferencial dos demais aplicativos é que, segundo Fernando "o motoboy pode ganhar o valor que for, ele só vai pagar 10 reais por semana para a manutenção do app. Todo o dinheiro que ele arrecadar é dele", informa. 

Pensando na segurança dos trabalhadores devido aos índices de assalto a motoboys, a plataforma conta com um "botão de pânico", para se alguma situação de perigo estiver acontecendo, o motoboy aperte o botão, mandando automaticamente uma mensagem para a Central e para todos os motoboys que estiverem próximo a ele. "Afinal, somos uma equipe muito unida, um ajuda o outro", relata o líder.

Serviço

O app "CG67 Delivery" está disponível nas lojas de aplicativo dos celulares e pode ser usado tanto pelos comerciantes que precisam do serviço, quanto para os motoboys que queiram realizar entregas. Mais informações podem ser conferidas através do telefone (67) 991042057.

App na PlayStore (Reprodução)

Jornal Midiamax