Mesmo com números cada vez menores, a Covid continua matando em . Um das vítimas foi o fotógrafo conhecido na cena cultural de Mato Grosso do Sul, Aurélio Vinícius, que morreu na tarde desta quarta-feira (10) após ficar cinco dias internado no Hospital Regional.

Segundo informações repassadas por ele mesmo a amigos, os sintomas começaram há cerca de 10 dias, pouco tempo depois ele foi internado, chegou a ser intubado nesta terça (9), mas não resistiu. Aurélio havia tomado as duas doses da vacina contra a Covid.

[Colocar ALT]
Aurélio morreu nesta quarta (10) (Foto: Arquivo Pessoal)

Desde a sua internação, o fotógrafo vinha pedindo orações por sua recuperação, assim como se formou uma corrente entre amigos para apoiá-lo. Aurélio é natural de Naviraí, mas morava em Campo Grande há muitos anos. Ele viajou o Estado fotografando eventos culturais e era muito conhecido entre os artistas regionais.

Nas redes sociais, vários amigos lamentaram sua morte. “Descanse em paz!!! Que Deus lhe receba de braços abertos e conforte o coração dos seus”, disse Matheus Lino.

Já Silvana Valu, disse: “Que tristeza! Mais uma pessoa querida que perdemos! Meus sentimentos a toda família e amigos”.
 
Aurélio deixa esposa e um filho.

Números da Covid

Mesmo com os dados indicando estabilidade da Covid-19, Mato Grosso do Sul continua registrando novos casos e mortes por complicações da doença. Só em novembro, o Estado já contabiliza 7 mortes por Covid. Incluindo a de uma criança de 1 ano com comorbidades e residente em Campo Grande, registrada no boletim epidemiológico desta quarta-feira (10). 

Desde o início da pandemia 9.659 sul-mato-grossenses perderam a vida para a doença. A média móvel com base na data de publicação está em 1,9. Novembro também conta com 647 casos confirmados da doença, incluindo os 79  registrados no boletim epidemiológico desta quarta-feira. A média móvel dos últimos 7 dias está em 79. A taxa de contágio se manteve em 0,84. 

Dos casos ativos, 900 estão em isolamento domiciliar e 56 hospitalizados em leitos clínicos (34) ou leitos de UTI (22). 

A taxa de ocupação global de leitos SUS / UTI por macrorregião de internação está em 73% no município de Dourados, 54% em Campo Grande, 53% em Corumbá e 49% em Três Lagoas.