Comer o que Jair Bolsonaro comeu no Mercadão Municipal está custando 10 reais na lanchonete que vendeu o salgado e a bebida para ele. O valor é do chamado “Combo do Presidente”, promoção especial criada para alavancar as vendas e divulgar o estabelecimento e os alimentos que Bolsonaro consumiu durante “tour” por Campo Grande, no dia 13 de dezembro.

Naquele dia, o presidente repercutiu por desmarcar agenda em Porto Murtinho para dar um “rolê” pela Capital, enquanto todos o aguardavam na fronteira com o Paraguai para o evento que marcaria o lançamento da pedra fundamental da rota bioceânica.

avião em que ele estava desembarcaria em Bonito para, de lá, seguir até a cidade onde a cerimônia estava marcada para 11h30. No entanto, o mau tempo fez com que Bolsonaro viesse para a Base Aérea da Capital.

Por aqui, em menos de uma hora, o presidente foi até o Mercadão fazer uma boquinha, comeu um pastel de queijo e tomou um copo de tubaína, além de fazer uma aposta na Mega-Sena. Segundo o Mercadão Municipal, o comerciante que vendeu o lanche aproveitou a oportunidade e já está lucrando com o combo que montou juntando tudo que Bolsonaro consumiu em seu ponto de venda.

No local, todos se divertem e muitos curiosos chegam para perguntar como foi a passagem de Jair Messias por ali, que já está atraindo muitas visitas só por ter recebido ele em sua breve passagem por Campo Grande na semana passada.

Durante a visita surpresa ao Mercadão Municipal, o presidente também ganhou uma caneca do Palmeiras. Sem limites, Bolsonaro também foi até a Lotérica e fez uma “fézinha”, gastando R$ 31,50 na mega da virada.