MidiaMAIS

II Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo chega ao fim com curtas-metragens realizados por cineastas negros

Debate sobre produções já disponíveis para exibição acontece a partir das 19h com presença do Coletivo de Cinema Negro de Campo Grande

Carlos Yukio Publicado em 23/06/2021, às 14h00

(Foto: Reprodução/República, de Grace Passô, 2020)
(Foto: Reprodução/República, de Grace Passô, 2020)

O Museu da Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) em parceria com o curso de Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) promovem de forma online e gratuita nesta quinta-feira (23), às 19h, o último encontro do II Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo com debate sobre quatro curtas-metragens realizados por cineastas negras e negros. O evento é direcionado para acadêmicos, cinéfilos e pessoas interessadas no assunto.

O projeto teve início no ano passado de forma presencial, mas devido a pandemia do Covid-19 foi suspenso, agora em função da necessidade de isolamento social, o II Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo será no formato online, trazendo para exibição importantes obras com a participação de atores, diretores e produtores com a mediação dos professores Vitor Zan e Júlio Bezerra que também assinam a curadoria do projeto. A edição de 2021 teve apresentações nos meses de abril, maio e junho. Os links dos filmes serão liberados 24 horas antes de cada exibição.

Serão debatidos os seguintes curtas-metragem disponíveis nos respectivos links: 

- Noir Blue, de Ana Pi, 2017, disponível em: encurtador.com.br/fxAU2
- Quintal, de André Novais, 2015, disponível em: vimeo.com/128073755
- Movimento, de Gabriel Martins, 2020, disponível em: vimeo.com/446608043
- República, de Grace Passô, 2020, disponível em: vimeo.com/423769303

“O público do MIS tem sentido falta das sessões de cinema e, principalmente, dos debates calorosos após cada filme, assim essa parceria vem trazer de volta, ainda que de forma virtual esse importante processo de formação e troca, e o bacana deste formato é contar com a presença de pessoas diretamente envolvidas nos filmes, com riqueza de detalhes e informações o que torna essas sessões experiências ricas e singulares“, comentou Marinete Pinheiro, coordenadora do MIS.

Serviço

Os interessados em participar dessa edição do II Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo devem enviar uma mensagem pelo WhatsApp no número (67) 98111-2407, e aguardarem ser adicionados no grupo, onde será disponibilizado o link do debate.

Jornal Midiamax