Homem vê estátua depredada e decide 'emprestar sapato' para Manoel de Barros: 'meu coração doeu'

Ato simbólico de Thiago virou atividade em escolas de Campo Grande
| 08/11/2021
- 15:27
Ato de Thiago foi fotografado
Ato de Thiago foi fotografado, mas, antes de divulgar o material, ele teve o cuidado de consultar o escultor da obra, Ique Woitschach, - (Foto: Arquivo Pessoal)

Ator e trabalhador de poesias, escritor, pesquisador de Arte, Educação e Filosofia, Thiago Moura é um artista que espalha sensibilidade com o seu trabalho em Campo Grande. Certo dia, enquanto realizava uma intervenção poética na Avenida Afonso Pena, foi tomado pela emoção e decidiu realizar um sensível ato não programado.

Interagir com a estátua de não estava em seus planos, mas o coração falou mais alto ao ver a imagem do poeta depredada, sem um dos pés, no centro da Capital. "Ele é meu poeta preferido, como escritor tenho vários poemas e até um livro dedicado a ele. Ao vê-lo sem um dos pés, meu coração doeu e fui interagir com a estátua", disse Thiago ao Jornal Midiamax.

"Como estava como meus figurinos na mala, eu peguei um dos meus sapatos e fiz um ato simbólico de calçar o Manoel. Um ato que significa o poder da arte de curar, de consertar. A sensibilidade necessária para a ação artística é oposta a qualquer ação de violência ou ódio, como o vandalismo feito na estátua", explicou o artista.

O ato de Thiago foi fotografado, mas, antes de divulgar o material, ele teve o cuidado de consultar o escultor da obra, o campo-grandense Ique Woitschach, para ver o que ele achava sobre a intervenção, em respeito ao artista e às artes visuais.

"Ique me respondeu que ficou emocionado quando viu a ação e que, com certeza, Manoel de Barros estaria feliz de ver a sensibilidade que tive de ir calçá-lo e sentar para conversar com o poeta", contou Thiago.

Depois da comovente resposta do criador da obra, o poeta decidiu divulgar o que tinha feito. "Após alguns dias, fiquei sabendo que os professores da Rede Pública de Ensino estavam utilizando a ação como atividade sobre a preservação do patrimônio público, o que me deixou muito feliz", disse ele.

Na atividade, a professora explicava para as crianças que a estátua foi vandalizada e mostrava a atitude de Thiago, pedindo para que os pequenos mandassem um recado para quem depredou o pé de Manoel e para quem emprestou o sapato. A garotada então agradeceu o artista. Confira o momento de fofura no vídeo:

Veja também

Moradores de Dourados estão animados com a volta da Festa Junina de Dourados que retornou...

Últimas notícias