MidiaMAIS

Festival de Música de Concerto do Pantanal é lançado e acontece entre os dias 27 e 30 de julho

100% gratuito e on-line, festival promoverá a troca entre músicos por meio de um intercâmbio cultural internacional

João Ramos Publicado em 16/07/2021, às 08h44

Grandes artistas do Brasil e de vários países do mundo também vão participar do evento
Grandes artistas do Brasil e de vários países do mundo também vão participar do evento - (Foto: Divulgação)

Por meio da Orquestra de Câmara do Pantanal - OCAMP, o Instituto Moinho Cultural Sul-Americano realiza o I Festival de Música de Concerto do Pantanal – FEMUP, tendo a direção musical do maestro Eduardo Martinelli. Com o objetivo de proporcionar gratuitamente atividades didáticas diversas, o FEMUP reúne grandes profissionais da música do Brasil e do exterior, apresentações musicais com a OCAMP, além de solistas e grupos musicais convidados.

A programação oficial acontece entre os dias 28 e 30 de julho, porém, para o dia 27 já estão programadas atividades exclusivas com alunos da rede pública de ensino de Corumbá e Ladário. O Festival faz parte das ações que integram o Termo de Fomento n° 001/2019, firmado com a Prefeitura Municipal de Corumbá, utilizando os recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FMDCA.

Programação

No período da noite, a Orquestra de Câmara do Pantanal vai protagonizar três concertos especiais durante a 1ª edição do FEMUP. No dia 28 de julho, às 19h, acontece a integração entre a música de concerto e a dança, com a participação da Companhia de Dança do Pantanal, com números de balé especialmente preparados para o Festival. Além disso, teremos apresentação de Norberto Cruz (Portugal) e Orquestra Filarmônica de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia).

Já no dia 29, no mesmo horário (19h), a Orquestra integra-se à viola caipira para releituras de obras de Heitor Vila Lobos, Almir Sater e peças tradicionais do cancioneiro popular. Em seguida, a integração é com a viola de cocho, com o espetáculo “Araras da Cidade, Músicas do Mato”, executando músicas compostas em sintonia com imagens de araras em ambiente urbano, e que serão projetadas. A junção da fotografia com a música destaca a integração das artes como elementos que agregam ao Meio Ambiente.

Na última noite do festival, 30 de julho, também 19h de MS, a OCAMP apresenta obras consagradas do repertório da música de concerto, peças de W.A. Mozart, A. Vivaldi e J. Brahms, em grande estilo.

Para os profissionais da música, o Festival contará com minicursos (Foto: Divulgação)

Pluralidade

Além da OCAMP, o Festival proporcionará apresentação de grupos e orquestras, sendo eles:

- O Illvminata (Curitiba-PR), que pesquisa e executa música medieval e renascentista se apresentando com réplicas de instrumentos de época como alaúdes, viela de roda, viola da gamba, flautas, percussões vozes;

- O bandolinista português Norberto Cruz, se apresenta executando o concerto para bandolim e Orquestra de cordas do compositor italiano Carlo Cécere, em uma produção especialmente montada para o FEMUP;

- O Quarteto de Cordas Aporá (São Paulo - SP), que apresentará obras de Alberto Nepomuceno, um dos mais importantes compositores brasileiros. Formado por músicos da mais alta qualidade técnica a trajetória do grupo tem sido notória de pela rápida ascensão entre os entre os mais seletos grupos camerísticos do Brasil.

Para os profissionais da música, o Festival contará com minicursos de História da Música, Software de Edição de Partituras, Masterclasses diversos para instrumentistas, regentes e cantores, além de palestras sobre temas relacionados à música.

Participam também grandes artistas do Brasil e também convidados da Espanha, Inglaterra, Canadá, Venezuela, Portugal e EUA. A programação completa estará disponível no site www.moinhocultural.org.br/femup/ . Já o link direto para realizar inscrições: https://forms.gle/2gCfV6gbbx4gJzJv6 . Mais informações também no Instagram @moinho_cultural.

Jornal Midiamax