MidiaMAIS

Em Campo Grande, casal consegue inserir judô online na rotina e relata benefícios: 'É bem possível'

Treino também tem ajudado muito na parte mental, segundo Fernando

João Ramos Publicado em 19/05/2021, às 09h59

Engenheiro agrônomo Fernando e professora Adriana
Engenheiro agrônomo Fernando e professora Adriana - (Divulgação)

Desde o início da pandemia, as aulas de judô do Sesc Camillo Boni ocorrem na modalidade presencial, respeitando as normas de biossegurança e distanciamento. Mas além dessa possibilidade, os interessados também tem a opção de participar das aulas por meio de vídeos.

A modalidade remota, por exemplo, foi a escolha do casal Adriana Loureiro e Fernando Klein, ambos de 49 anos e alunos da unidade desde 2019.

“Temos feito os treinos em casa de forma regular, conseguimos inserir em nossa rotina. É bem possível, com orientação da nossa sensei, Emory Spontoni.”, diz Adriana.

Fernando acrescenta que os dois optaram por sair o mínimo possível e que as aulas são um importante ponto de apoio para manter a saúde em dia. “Além do condicionamento físico, o treino tem ajudado muito na parte mental, a contornar o estresse do momento”. 

Judô

Melhora na circulação sanguínea, alongamento, resistência física, reflexos mais rápidos, entre outras coisas, o judô também traz benefícios à memória, localização espacial e inteligência lógico-matemática. Pesquisa científica indica que, atuando no sistema nervoso central das pessoas, o exercício provoca alterações estruturais.

Serviço

Para informações, o telefone do Sesc Camillo Boni é 3311-4300. No WhatsApp, o número para contato é (67) 99692-7860.

Jornal Midiamax