MidiaMAIS

Dançarinos de MS vencem competição nacional e conquistam vaga em Las Vegas

Agora, o grupo precisa conseguir patrocínio para a viagem até os Estados Unidos

João Ramos Publicado em 14/09/2021, às 11h11

Betinho Júnior e Manoel Henrique com o professor Betinho
Betinho Júnior e Manoel Henrique com o professor Betinho - (Fotos: Reprodução, Instagram)

Bailarinos da cidade Anastácio, a 120 quilômetros de Campo Grande, Betinho Júnior e Manoel Henrique conquistaram uma vaga para uma competição internacional de dança em Las Vegas, que acontecerá em 2022.

Antes disso, os garotos de 17 anos venceram a etapa nacional do All Dance Brazil. A Classificatória Nacional aconteceu de forma online e ao vivo no dia 11 de setembro. Com apresentações impecáveis, os meninos subiram o degrau e agora concorrerão nos Estados Unidos.

A All Dance realiza os campeonatos oficiais de dança All Dance Nationals Qualifier em vários países do mundo. Essas disputas qualificam o dançarino anualmente para: All Dance World, All Dance Intercontinental e All Dance Continental.

Na All Dance Brazil realizada semana passada, Betinho Júnior participou da Categoria até 17 anos na modalidade All Dance Show e se consagrou bicampeão brasileiro, já que ano passado ele também havia levado a melhor na competição. Manoel Henrique participou da categoria até 17 anos na modalidade Hip Hop e foi o vice-campeão brasileiro. Em 2020, o bailarino ficou em terceiro lugar.

Bailarinos de MS se destacam em competição nacional e agora batalham para fazer valer a vaga em Las Vegas (Fotos: Reprodução, Instagram)

"Com essas duas colocações e as duas vagas para Las Vegas, o Anastadance, grupo de dança do qual eles participam, chegou a 106 premiações em Festivais Online! Começamos a competir em Festivais Online desde maio do ano passado", conta o professor Betinho, pai de Betinho Júnior, ao MidiaMAIS.

"Isso porque temos poucos recursos, sobrevivemos das promoções que a pandemia atrapalhou e voltamos a fazer só no mês passado. Também temos ajuda de vários amigos que ajudam nosso projeto, que é totalmente gratuito, destinado a crianças, adolescentes, jovens e adultos e ensinamos a Arte da Dança", disse ele.

Agora, o grupo precisa conseguir patrocínio para a viagem até Las Vegas, que ainda não tem data para acontecer porque as classificatórias dos outros países ainda estão acontecendo. "Eu confio muito nos meninos, eles foram muito elogiados pelos jurados e sei que podem representar muito bem o Brasil lá nos Estados Unidos", afirma Betinho.

Jornal Midiamax