MidiaMAIS

Com bailões liberados em Campo Grande, Chamamé celebra a retomada dançando

2º Festival Cultural Virtual do Chamamé termina neste domingo, em alusão à data comemorativa

João Ramos Publicado em 19/09/2021, às 07h30

Casas lotadas celebram a retomada com o recuo da pandemia
Casas lotadas celebram a retomada com o recuo da pandemia - (Foto: Divulgação)

Bem de natureza imaterial em Mato Grosso do Sul, o chamamé tem data especial para celebrar o gênero — 19 de setembro é considerado, por lei, o Dia Estadual do Chamamé. Mais felizes do que nunca, chamamézeiros estão muito contentes em poder comemorar este domingo com os bailões normalizados em Campo Grande, com o recuo da pandemia do coronavírus.

"Já tá tudo liberado na Capital, Graças a Deus, só no interior que ainda não. Estamos recebendo muitos pedidos para que os bailes possam acontecer também nas outras cidades do Estado", afirmou Gregório Fronteira, ícone do chamamé sul-mato-grossense.

Segundo o músico, a grande e principal diversão de MS é o chamamé. "Não tem outra coisa, o público tá muito feliz. Tava todo mundo com vontade, com saudade. As casas estão lotadas, seguindo os protocolos de biossegurança. A gente tá muito contente com essa retomada, tá muito bom", disse ele ao Jornal Midiamax.

Enquanto Campo Grande, a Capital Nacional do Chamamé, avança no retorno, conforme Gregório, os municípios do interior de Mato Grosso do Sul estão pedindo para seguir o mesmo caminho. Na cidade morena, com as festas e bailes acontecendo da mesma forma como rolavam antes da pandemia, a comemoração do Dia do Chamamé é garantida.

Além dos novos e tradicionais bailões de Campo Grande acontecendo, o 2º Festival Cultural Virtual do Chamamé, que começou na quinta (16), terá o seu último dia de apresentações neste domingo (19), em alusão à data especial que celebra o ritmo da cultura sul-mato-grossense.

A abertura será às 10 horas da manhã, em transmissão online e totalmente gratuita. Os shows serão transmitidos na página oficial do Festival no Facebook e também pela TV Educativa para todo o estado. 

Confira a programação de domingo:

4º DIA DO FESTIVAL – 19/09/2021 (Domingo)

Primeiro Período

10:00 – Abertura

Institucional Governo de MS

Francisco Cuestas – Diamante, Província de Entre Rios/Argentina

Embaixada de Curuzú Cutiá – Curuzú Cutiá, Corrientes/Argentina

Grupo Sangre Correntina

Pablo Melgarejo

Rubén Rodriguez y su Conjunto

Jorge Güenaga y su Conjunto

Rivair, Rivamar e Grupo Desparramo – Campo Grande, MS/Brasil

Institucional

Los Caminates Del Chamamé – Corrientes Capital/Argentina

Paulo Arguelo & Sérgio Arguelo – Campo Grande, Ms/Brasil

Danzarte Centro de Arte y Producción – Formosa, Capital – Formosa/Argentina

Esteban Aguirre – El Pichoncito del Acordeón – Riachuelo, Corrientes/Arentina

Luis Miguel Farias y Cristian Dappen – Paraná/Província De Entre Rios, Argentina

Ballet Bado Jeroky – Capitan Bado/Departamento De Amambay, Paraguay

Grupo Aires De Mi Pueblo – Paso De Los Libres, Corrientes/Argentina

13:00 – Encerramento


Segundo Período

21:00 – Abertura

Las Guitarras de Curuzú – Curuzú Cutiá – Corrientes/Argentina

Quinteto Cocomarola – Corrientes capital/Argentina

Institucional Artesanato (Kuarahy Bera) – Corrientes capital/Argentina

Ballet El Hornerito – Federal, Província De Entre Rios/Argentina

Malena Sierak y Su Conjunto Estrella del Chamamé – Federal, Entre Rios/Argentina

Gustavo Galeano u su Luna Payesera – Pirané, Província De Formosa/Argentina

Institucional Campo Grande

Los Carapegueños – Carapeguá/Paragauay

Alfredo Monzón – Corrientes capital/Argentina

Desiderio Souza – São Luiz Gonzaga, RS/Brasil

Los Hermanos Garita – Federal- Entre Ríos /Argentina

Integração Musical Uruguay & Chile

Sergio Rebollo – UruguaY

Los Huasos del Corral – Chile

23:00 – Encerramento

Jornal Midiamax