MidiaMAIS

Branco ainda é a cor preferida no Ano Novo, mas há quem procure por amarelo e bege para a virada

Movimento de procura pelo look de ano novo é alto no centro e surpreende lojistas

Fernanda Feliciano Publicado em 30/12/2021, às 16h04

A procura pela clássica cor branca no Réveillon ainda prevalece no centro de Campo Grande - Foto: Leonardo França/Midiamax
A procura pela clássica cor branca no Réveillon ainda prevalece no centro de Campo Grande - Foto: Leonardo França/Midiamax - Leonardo França/Midiamax

Com a chegada do Réveillon, a procura pelo look da virada é grande na região central de Campo Grande. Roupas brancas, amarelas e até mesmo nude aumentaram as vendas em 2021. Há quem misture cores, quem ainda prefira o tradicional branco e quem opte pelas cores mais clássicas, como amarelo e vermelho. 

Segundo a proprietária de uma loja na Rua 14 de Julho, Kety Mota, o movimento foi surpreendente, ultrapassando as expectativas de venda em cerca de 80% este ano. “Aqui eles [clientes] estão pedindo mais o nude, não estão pedindo só branco, é geralmente uma peça branca em cima ou embaixo e cores mais quentes". A proprietária ainda relata que a venda de peças amarelas também foi considerável. 

A cliente Milene Rolon, 44 anos, relata que a escolhida para a virada neste ano é o amarelo e acredita que as cores influenciam. “E digo mais, todo ano que eu passei de amarelo foi bom”, afirma. Já a consumidora Edilene Alves, 38 anos, não acredita na superstição para o Réveillon e não pretende escolher uma cor específica para sua roupa. “Eu não creio que se eu usar um look branco, eu vou ter paz o ano todo ou que amarelo vai me trazer prosperidade. Eu acredito no dia a dia mesmo, na força do trabalho, não acredito que vai ser a roupa que vai modificar o ano”, declara. 

No entanto, há quem ainda prefira usar a clássica cor branca. A gerente de uma loja localizada na Rua 14 de Julho, Gleicy Campos, 38 anos, revela que o branco ainda prevalece como cor mais procurada no estabelecimento. “Procura está alta desde o Natal, estamos quase esgotados já”. Emanuele Rodrigues, 16 anos, relata que optou pela cor branca por ser algo típico e já consolidado e espera que o ano de 2022 seja melhor que 2021 e com notícias boas.

A líder administrativa de uma loja de roupas na mesma via, Fernanda Vieira, 33 anos, revela que a procura por roupas brancas é maior e ainda supera as vendas em relação às outras cores, mas, que a busca por roupas amarelas e vermelhas também são altas. 

Bege é a cor do momento?

Em 2021, a cor bege ganhou destaque e há quem associe essa maior visibilidade à sorte de Juliette Freire, a ganhadora do BBB21, após a milionária revelar que usou o tom na virada do ano de 2020 para 2021, ano em que foi campeã do reality

Jornal Midiamax