MidiaMAIS

Arroz de Guariroba com Chorizo de Angus é prato do 'Sabores da Nossa Terra' desta sexta-feira

Live da Sectur acontece nesta sexta-feira (14) às 11h em canal do Youtube

Carlos Yukio Publicado em 12/05/2021, às 14h30

(Divulgação, Sectur)
(Divulgação, Sectur)

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), promove mais uma edição da live gastronômica Sabores da Nossa Terra nesta sexta-feira (14), às 11 horas, pelo canal do Youtube da Sectur. A chef Magda Moraes é quem assume as panelas e ensina como preparar um chorizo de angus grelhado com arroz cremoso de guariroba, parmesão, salsinha, azeite de alho e pimenta de cheiro.

O projeto é uma iniciativa da Sectur e conta patrocínio do Shopping Campo Grande, Carrefour, Mercadão Municipal de Campo Grande, Camicado e Clube Gourmet. A produção conta ainda com apoio do Beber e Comer MS. O prato é uma releitura criada especialmente por Magda, pensado para fazer referência à gastronomia regional e também à cultura gaúcha do churrasco, que foi completamente absorvida pelos campo-grandenses.

“Optei pela guariroba por ser um palmito típico do cerrado, que apresenta um toque amargo. O arroz lembra um arroz cremoso, quase como um arroz à piamontese ou um risoto, porém preparado com o arroz agulhinha. Essa é a proposta. Escolhi acompanhar o arroz com o corte angus porque sabemos que nosso Mato Grosso do Sul é carnívoro, ama um churrasco, mas incentivando, neste caso, o consumo da carne mal passada ou no máximo, ao ponto”, pontua.

De acordo com Max Freitas, secretário municipal de Cultura e Turismo, o resultado o projeto “Sabores da Nossa Terra” e a slives gastronômicas têm sido uma ótima surpresa para ele. “Tem sido justamente com as lives gastronômicas que atingimos os picos de maiores visualizações dentro do Youtube da Sectur. Isso demonstra como os campo-grandenses têm curtido e se conectado ao projeto”, diz.

Chef Magda Moraes

Magda Moraes possui formação em economia e é autodidata na arte de cozinhar. Ligada às raízes sul-mato-grossenses e apaixonada pelo Brasil, ultrapassou os limites da cozinha. Foi convidada a participar do Terra Madre, maior encontro de cozinheiros em Turim, na Itália. Neste evento, levou no sapicuá a bocaiúva, para ser catalogada na “Arca do Gosto”, que culminou no seu projeto “Bocaiúva, Palmeira da Paz”.

Como pesquisadora participou do livro “Comida, Mulheres e Memórias Terena”, que revela a memória culinária de mulheres terenas por meio de narrativas que confidenciam receitas que fazem parte de suas vidas. Em 2014 recebeu a estatueta do prêmio Dolmã da Cozinha Brasileira e em 2016 recebeu o título de Embaixatriz da Cozinha Sul-Mato-Grossense. Atualmente é proprietária e chef do restaurante Aipim, Cozinha de Raízes.

Jornal Midiamax